Fábio Seixas

Automobilismo e pitacos sobre tudo o mais

 

Dia Mundial Sem Carro?

Em Brasília, na prova que define os seis últimos classificados para os playoffs da Stock Car, a pole position é de Valdeno Brito, com 59s357, média de 177,03 km/h. Foi o melhor tempo do fim de semana.

 

Duda Pamplona, com 59s708, sai em segundo, seguido por Antonio Jorge Neto. Pedro Gomes é o quarto. Líder do campeonato, Cacá Bueno sai em quinto.

 

Fechando os dez primeiros, Rodrigo Sperafico, Ricardo Zonta, Ricardo Sperafico, Hoover Orsi e Marcos Gomes.

                                                                          

A largada será às 10h55 (adoro esses horários quebrados...), com Globo (ah, é por isso).

 

                                                                                                          Luca Bassani/Divulgação

Alan Hellmeister e mais 49 pilotos da Stock, fora os 32 da Stock Light e os 16 da Stock Jr., não seguiram, exatamente, a idéia do Dia Mundial Sem Carro...

Escrito por Fábio Seixas às 12h20

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Um novo duelo

Os duelistas do Estoril voltaram a se encontrar em Motegi. Desta vez, pelo menos até agora, com gosto de revanche para o espanhol.

 

No Japão, a pole, fácil, foi de Pedrosa: 1min45s864, 0s391 de vantagem para Rossi, o segundo. O renascido Hayden sai em terceiro, seguido por De Puniet.

 

Stoner é o nono. Para ser campeão, ele precisa chegar à frente de Rossi. Ele também levanta a taça caso ambos abandonem.

 

Sei não... Está com pinta de que o australiano só vai comemorar na etapa seguinte, em casa.

 

A largada, às 2h de domingo, com Sportv.

Escrito por Fábio Seixas às 12h08

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Um investimento como outro qualquer

A Spyker, que já foi Jordan, deixará de pertencer a uma fábrica de carros e passará para as mãos de Vijay Mallya, magnata indiano.

Se comemorei a chegada da Spyker, no ano passado, agora choro o fato de o time ser comandado por alguém que não é do ramo.

Em outra palavras, será menos uma equipe de automobilismo e mais um investimento, como ações na bolsa de Nova Delhi ou a compra de aeronaves _Mallya é dono da Kingfisher Airlines.
 
Enfim, saudades de sujeitos que tinham amor à camisa, uma estirpe cujos últimos sobreviventes são Ron Dennis e Frank Williams.
 
E uma estirpe de sujeitos como Eddie Jordan e Colin Chapman, que aparecem neste excelente vídeo, sugestão do Bruno Menezes.
 

Escrito por Fábio Seixas às 17h18

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sexta, coluna

Sexta, coluna

Na coluna de hoje na Folha, uma história que testemunhei de perto e que revela muito sobre o gênio difícil de Alonso.

 

O link está aqui, exclusivo para assinantes da Folha e do UOL.

Escrito por Fábio Seixas às 08h57

Comentários () | Enviar por e-mail | Colunas na Folha | PermalinkPermalink #

Sem muita escolha

Chutado da F-1, Speed seguiu os passos de Montoya e Villeneuve e decidiu correr de stock car nos EUA.

 

No caso dele, na ARCA, alguns degraus abaixo dos ex-companheiros. Speed estreará em Talladega, no mês que vem, pela Eddie Sharp Racing, com um carro como este abaixo...

 

 

Para Speed, sobrenome que hoje soa como uma ácida ironia, está bom demais.

Escrito por Fábio Seixas às 08h53

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Alonso na Ferrari?

O GrandPrix, já citado aqui várias e várias vezes como o site mais bem informado sobre os bastidores da F-1, traz uma história instigante hoje.
 
O destino de Alonso em 2008 pode não ser a Renault, mas a Ferrari.
 
A equipe italiana pagaria a rescisão contratual e correria a próxima temporada com a dupla Alonso-Raikkonen. O piloto de testes seria Luca Filippi, o mais novo protegido da família Todt.
 
E Massa? Segundo o site, o brasileiro visitou o motorhome da Toyota em Spa.
 
"Seria uma mudança vantajosa do ponto de vista financeiro, mas que não ajudaria sua carreira de vencedor de GPs", escreve o GrandPrix.

Escrito por Fábio Seixas às 17h56

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Balão de ensaio

A Honda testou hoje uma nova asa dianteira em Jerez, seguindo a moda do grid nos últimos GPs.
                                                                                        Jaro Muñoz/Efe
 
Não funcionou muito, pelo jeito.

Escrito por Fábio Seixas às 17h20

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ampulheta

A FIA divulgou comunicado reiterando que o prazo para um eventual recurso da McLaren vence amanhã, às 17h de Paris, 12h em Brasília.

 

Mera formalidade. A equipe não vai recorrer.

Escrito por Fábio Seixas às 12h24

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Jerez, dia 3

E acabou a última bateria de testes para 2007. Com McLaren na frente.


Em Jerez, De la Rosa foi o mais rápido hoje, 0s039 melhor que Badoer. Nelsinho, único brasileiro na pista e um dos poucos pilotos que treinaram todos os dias, foi o quinto.

 

Aos tempos:

 

1º. De la Rosa (McLaren), 1min19s617, 68 voltas

2º. Badoer (Ferrari), 1min19s656, 68 voltas

3º. Webber (Red Bull), 1min20s067, 42 voltas

4º. Heidfeld (BMW), 1min20s184, 94 voltas

5º. Piquet (Renault), 1min20s655, 120 voltas

6º. Button (Honda), 1min20s831, 66 voltas

7º. Trulli (Toyota), 1min21s621, 77 voltas

8º. Vettel (Toro Rosso), 1min21s626, 82 voltas

9º. Rossiter (Honda), 1min21s663, 39 voltas

10º. Rosberg (Williams), 1min22s148, 57 voltas

 

Testes coletivos, agora, só em dezembro.

Escrito por Fábio Seixas às 12h16

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Samba, mulher e IRL

Abaixo, vídeo auto-explicativo produzido e divulgado pela assessoria de imprensa de Hélio Castro Neves.
 
 
Deixo os comentários com vocês.

Escrito por Fábio Seixas às 16h58

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Praia em Sampa?

Acredite se quiser: São Paulo recebe, desde quarta passada, o 1º Festival de Esculturas de Areia.
 
São obras dos artistas Gisele, Sérgio e Mauro Prata.

E o que isso tem a ver com o blog?
 
Bem, primeiro que a exposição, que vai até outubro e tem entrada gratuita, acontece pertinho do autódromo, na avenida Interlagos, 800. Mais detalhes no site Praia em Sampa.
 
Segundo que uma das esculturas, de autoria de Sérgio Prata, reproduz três carros de F-1 _tem seis metros de extensão, levou cinco dias para ser concluída e consumiu 38 toneladas de areia.
 
 
 
Sei não, mas me parecem mais confiáveis que os Honda...

Escrito por Fábio Seixas às 16h11

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Jerez, dia 2

No segundo dia de testes em Jerez, uma turma mais velha nos carros e o melhor tempo para a McLaren, com De la Rosa, que se concentrou nos pneus para as próximas três corridas.

 

Os tempos, abaixo:

 

1º. De la Rosa (McLaren), 1min19s267, 70 voltas

2º. Webber (Red Bull), 1min19s947, 106 voltas

3º. Badoer (Ferrari), 1min20s249, 69 voltas

4º. Heidfeld (BMW), 1min20s318, 103 voltas

5º. Liuzzi (Toro Rosso), 1min20s318, 47 voltas

6º. Button (Honda), 1min20s624, 74 voltas

7º. Piquet (Renault), 1min20s804, 111 voltas

8º. Ralf  (Toyota), 1min21s101, 76 voltas

9º. Rosberg (Williams), 1min21s608, 31 voltas

10º. Vettel (Toro Rosso), 1min21s863, 10 voltas

Escrito por Fábio Seixas às 15h49

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Tremei, Hollywood!

Breve, numa locadora (ou num camelô) perto de você...

 

 

 

Muito bom. Reparou no crédito do Kimi Raikkonen? 

 

A dica foi da Luane Magalhães, nossa correspondente-cinéfila em São Sepé e adjacências.

Escrito por Fábio Seixas às 08h56

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Clima pesado

A FIA divulgou hoje as transcrições das reuniões do Conselho Mundial em 26 de julho e 13 de setembro.

 

Vai levar tempo para ler tudo. Mas o “highlight”, segundo os sites que já o fizeram, está no depoimento de Ron Dennis, no encontro da semana passada.

 

Ele revela que desde o GP da Hungria não conversa com Alonso.

 

“Não estamos nos falando, mas esse não é o problema. Desde a Hungria, não tivemos nenhuma conversa”, diz.

 

Em outro trecho, o chefe da McLaren classifica sua relação com o espanhol como “fria”.

 

“Nosso relacionamento sempre foi extremamente frio. Na cabeça do Fernando, há uma forte convicção de que nossa política em relação aos pilotos não reflete sua condição de campeão mundial. Ele acha que sua experiência e conhecimento e o que ele trouxe de outra equipe são tamanhos que ele deveria receber alguma vantagem.”

 

Dennis fala mais. Fala muito sobre Alonso.

 

“Naquela discussão na Hungria, ele estava nervoso com o que havia acontecido na véspera, mas não chegou nem perto do meu grau de nervosismo. Quando ele disse que tinha e-mails de um engenheiro da McLaren, eu disse: ‘Chega!’. Eu saí da sala, trouxe Whitmarsh, e Fernando repetiu tudo, na frente de seu manager. Quando ele terminou, perguntei a Martin Whitmarsh o que fazer e ele disse que deveríamos contar tudo para Max. Foi o que fiz quando eles saíram.”

 

Lendo isso, não imagino como Alonso e Dennis possam continuar juntos em 2008.

 

Tem a questão da grana, é verdade. Mas será que paga todo esse desgaste? 

Escrito por Fábio Seixas às 08h52

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Jerez, dia 1

Testando para a BMW, Glock foi o mais rápido hoje em Jerez, na abertura da última semana de testes da F-1 para 2007.

 

“Para 2007” em termos. Porque muita gente já foi pra pista testar componentes e soluções para 2008.  Ou seja, não dá pra levar o resultado muito a sério.

 

Para registro, os tempos de hoje:

 

1º. Glock (BMW), 1min20s606, 71 voltas

2º. Liuzzi (Toro Rosso), 1min21s280, 90 voltas

3º. Boémi (Red Bull), 1min21s309, 59 voltas

4º. Montagny (Toyota), 1min21s555, 72 voltas

5º. De la Rosa (McLaren), 1min21s651, 46 voltas

6º. Piquet (Renault), 1min22s009, 63 voltas

7º. Barrichello (Honda), 1min22s020, 79 voltas

8º. Nakajima (Williams), 1min23s177, 87 voltas

9º. Badoer (Ferrari), 1min23s432, 36 voltas

 

Pelo visto, não estão experimentado apenas componentes para 2008. Estão testando, também, moleques para 2009, 2010, 2011...

Escrito por Fábio Seixas às 20h01

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Recorte e guarde

A FIA divulgou hoje uma nova versão do calendário da F-1 em 2008.

 

Basicamente, trocou as datas de Bélgica e Itália e adiou em uma semana a viagem de fim de ano à Ásia.

 

A nova programação ficou assim:

 

16.mar, Austrália

23.mar, Malásia

6.abr, Bahrein

27.abr, Espanha

11.mai, Turquia

25.mai, Mônaco

8.jun, Canadá

22.jun, França

6.jul, Inglaterra

20.jul, Alemanha

3.ago, Hungria

24.ago, Europa (Valência)

7.set, Bélgica

14.set, Itália

28.set, Cingapura

12.out, Japão

19.out, China

2.nov, Brasil

Escrito por Fábio Seixas às 19h52

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Doping no Pit Stop

Doping no Pit Stop

A McLaren está correndo dopada.

 

Com uma diferença em relação à maioria dos dopings que vemos por aí. Um atleta normalmente perde a medalha depois de ser flagrado no exame. A McLaren foi flagrada. Mas a disputa continua rolando, com a equipe como competidora.

 

Foi este o tema central do Pit Stop de hoje. Para assistir, clique aqui.

Escrito por Fábio Seixas às 19h42

Comentários () | Enviar por e-mail | Pit Stop em vídeo | PermalinkPermalink #

Padre irlandês em dose dupla

O “Red Bulletin” de sábado tratou de um velho conhecido nosso. Cornelius Horan. O idiota padre irlandês famoso por ter invadido o GP da Inglaterra de 2003 e a maratona de Atenas, no ano seguinte.

 

 

Quis o destino (e meus chefes) que eu estivesse em ambas as ocasiões.

 

Em Silverstone, lembro, ninguém entendeu nada. Barrichello estava fazendo uma das melhores corridas de sua vida. Sainda na pole, foi superado por Raikkonen e Trulli, mas deu o troco sobre o finlandês numa das grandes ultrapassagens da temporada.

 

Foi então que, de repente, o maluco apareceu no meio da pista, levando um cartaz com os dizeres “leia a Bíblia, a Bíblia está sempre certa”.

 

Depois de quase ter sido transformado em migalhas pelo Jaguar de Webber, Horan foi arrancado da pista por um fiscal. O safety car entrou, Barrichello caiu para oitavo, mas, com uma Ferrari nas mãos, conseguiu vencer.

 

A piada da coincidência foi instantânea. Aquela foi a segunda vitória de Barrichello com, digamos, “intervenção externa”. Ou você não lembra de Robert Sehli, o funcionário da Mercedes que invadiu Hockenheim, em 2000, na histórica primeira vitória de Rubinho?

 

Bom, em Atenas tudo foi mais agitado. Eu havia acabado de chegar ao MPC, o centro de imprensa, voltando da cobertura do taekwondo _Natália Falavigna caíra na luta pelo bronze_ quando vi, pela TV, que o Vanderlei Cordeiro de Lima estava em primeiro lugar.

 

Era um azarão, um BMW prestes a vencer um GP. Mas, enfim, ele estava liderando a prova mais nobre dos Jogos. E fui mandado para lá, ao Panathinaiko, para cobrir o troço.

 

Mas como eu iria para lá? Os ônibus da organização demorariam, e era preciso ter pressa.

 

Tentava bolar uma solução, correndo para fora do MPC, quando cruzei com Luciano Borges e sua equipe da TV Bandeirantes, e com Alex Müller, então na Rádio Bandeirantes. Todos grandes colegas, todos grandes amigos, todos com a mesma missão. Esprememo-nos então num carro da Band e fomos para lá.

 

Mas havia um “probleminha”. Por conta da passagem da maratona, grande parte das ruas e avenidas de Atenas estava bloqueada. Tentamos ao máximo nos aproximar do estádio, mas chegou um momento em que tivemos de estacionar o carro e seguir a pé.

 

Pelo celular, Roberto Dias, coordenador da cobertura da Folha em Atenas, me avisava sobre o desenrolar da prova. “Quilômetro 15, ele continua na frente. “Quilômetro 20. Tudo igual.”

 

Pelo cálculo, estávamos uns 20 km à frente de Vanderlei e a cerca de 2 km do Panathinaiko. Olhamos um para o outro, a equipe da Band e eu, e não tivemos dúvida. Entramos no percurso e corremos aquele trecho final, até o estádio. Sim, corremos o final da maratona!

 

Foi das situações mais surreais que já vivi. Mochila com laptop nas costas, sendo saudado e vaiado pelo público, em pleno percurso da maratona de Atenas. Müller, mãos para o alto, ia dando tchau para todo mundo. A equipe da TV, logo atrás, sofria com o peso extra de câmera, tripé, coisa e tal.

 

(Aliás, Alex, cadê aquelas fotos?)

 

Assim que entramos no estádio, uma chegada, digamos, não muito apoteótica, recebi a ligação contando da intervenção do padre. Olhamos para o telão, que mostrava o replay a todo instante, e, na hora, veio o clique.

 

“Cacete, esse cara de novo?”

 

PS: Em 2005, fui morar em Londres. E descobri que o sujeito morava no mesmo bairro, Bermondsey. Comecei a pensar em perseguição. Mas, não, nunca o encontrei no supermercado, no ônibus ou no pub. Ainda bem.

Escrito por Fábio Seixas às 11h50

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Terça, dia de Pit Stop

Hoje tem Pit Stop, no UOL News, a partir das 14h30, com Vicente Toledo Jr. e este que vos escreve.

 

O link para assistir ao vivo, aqui.

 

De entrada, GP2 e MotoGP. O prato principal, claro, a F-1. Só espero não ter indigestão.

 

Perguntas, comentários e sugestões no uolnewsformula1@uol.com.br

Escrito por Fábio Seixas às 09h47

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Como está, fica

A McLaren desistiu do apelo contra a punição na Hungria.

 

Já sabemos, portanto, a decisão dos acionistas do time, que, segundo Ron Dennis, dariam a palavra final sobre o recurso contra a exclusão no Mundial de Construtores.

Escrito por Fábio Seixas às 09h37

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Atenção, Curitiba!

O autódromo de Pinhais acaba de ser confirmado como sede da etapa de abertura do WTCC em 2008, nos dias 1º e 2 de março.

Serão 12 etapas. Sai Holanda, entram México e Japão. E as corridas portuguesas serão no Estoril, não mais no Porto.
 
Taí um belo campeonato, com belas corridas, sem a divulgação que merece.
 
Ah, sim: para quem não sabe, o atual líder do Mundial é brasileiro. Faltando três rodadas duplas para o fim do campeonato, Augusto Farfus tem 69 pontos, um a mais que Andy Priaulx.

Escrito por Fábio Seixas às 17h46

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Tesoura em ação

Agora, a FIA anuncia que vai divulgar, na quarta-feira, as transcrições completas das audiências do Conselho Mundial no caso de espionagem.

Trocas de e-mail, imagino, em profusão.
 
Mas há um pequeno "detalhe". Antes de serem divulgadas, as transcrições serão submetidas a Ferrari e McLaren, que poderão suprimir trechos que considerarem confidenciais dos pontos de vista técnico e financeiro.
 
Em outras palavras, as envolvidas e maiores interessadas no caso editarão o que será mostrado ao público.
 
Não vou esperar muita coisa, pois.

Escrito por Fábio Seixas às 13h32

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A foto

A foto

Não basta absolver. Tem que ser amiguinho.
 
O clique do fim de semana é de Oliver Weiken, da Efe, no sábado de Spa.
 

Escrito por Fábio Seixas às 13h00

Comentários () | Enviar por e-mail | A foto | PermalinkPermalink #

Cedo demais

A FIA acaba de confirmar que, depois de amanhã, a Corte de Apelações vai se reunir para julgar o recurso da McLaren contra a punição na Hungria.
 
Em Budapeste, o time perdeu os pontos no Mundial de Construtores.
 
Mas, pera lá... A McLaren já foi eliminada do Mundial de Construtores. Por que continuar com o processo?
 
Só há uma explicação. Vai recorrer, também, do veredicto da última quinta-feira.
 
Ou seja, a comemoração da Ferrari, aí embaixo, pode ter acontecido cedo demais...

Escrito por Fábio Seixas às 11h50

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sem graça

Com a punição à McLaren e a dobradinha de hoje em Spa, a Ferrari conquistou seu 15º Mundial de Construtores.
                                                                               Roland Weihrauch/Efe
 
Quer coisa mais sem graça?
 
Aliás, o Mundial de Pilotos, para mim, também já não vale muito, já murchou, já não tem charme nenhum. Uma pena...

Escrito por Fábio Seixas às 16h39

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mais um round

Hamilton desceu o verbo contra Alonso e sua manobra na largada em Spa.
 
"Eu não sei se chegamos a nos tocar, mas ele tinha espaço suficiente para que nós dois contornássemos a curva. O Fernando sempre reclama de pilotos que acha que não são justos. Mas ele me jogou para fora intencionalmente. Para um jovem piloto como eu, ele não parece ser um exemplo de conduta."
 
Ê, beleza...

Escrito por Fábio Seixas às 14h42

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Estoril eletrizante

Rossi, à la Rossi, venceu no Estoril e adiou a entrega da taça para Stoner.
 
Largando em terceiro, caiu para quinta na largada. E então começou a caça.
 
Na primeira volta mesmo, passou Melandri. Na terceira, deixou Hayden para trás. Na nona volta, passou Stoner numa freada linda. Repetiu a manobra sobre Pedrosa, no mesmo ponto, um volta depois. Tornou-se líder.
 
Venceu? Não, ainda não. Pedrosa deu o troco na 16ª volta. Oito voltas depois, Rossi pulou de novo à frente. Curvas à frente, voltou a perder a ponta para o espanhol, num raro dia de surto de boa pilotagem.

A definição só veio na penúltima volta. A margem da vitória, 0s175.
 
Barros abandonou com o motor fumando.

Escrito por Fábio Seixas às 14h05

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Primeiros pitacos

Alguém ouviu a explicação de Alonso para ter quase jogado Hamilton na floresta na largada? Foi mais ou menos assim: “Massa travou as rodas na minha frente e eu não tive o que fazer, precisei espalhar na curva”. Sei, sei...

 

Entenderam, agora, porque comemorei tanto a ultrapassagem de Hamilton sobre Kimi em Monza? É triste, mas é a verdade: corridas assim, chatas, tornaram-se o padrão já há algum tempo;

 

Mexeram, mexeram e mexeram em Spa, mas não tem jeito: o circuito continua separando os homens dos meninos. Em outras palavras: pilotos especiais, em Spa, mostram que são especiais. Por isso, Raikkonen sua terceira vitória consecutiva por lá. Por isso Kubica, Rosberg e Kovalainen fizeram e apareceram;

 

Não entendi qual era a idéia da turma que optou por uma parada só. Em Spa, com 7 km de pista? Só se estavam contando muito com a entrada do safety car. É meio que uma tática do desespero;

 

Não que eu esperasse algo assim da F-1, mas não fizeram nenhuma homenagem a McRae.

Escrito por Fábio Seixas às 10h17

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

GP chato, resultado interessante

O resultado do GP da Bélgica foi, de longe, mais interessante do que a prova.

 

No grid de largada, Raikkonen, Massa, Alonso, Hamilton.

 

Na linha de chegada, Raikkonen, Massa, Alonso, Hamilton.

 

Resultado interessante, digo, para o campeonato. Porque Hamilton ainda é o líder, com 97 pontos, mas agora com apenas dois de vantagem sobre o espanhol. Mais importante, porém: a folga para Raikkonen caiu de 18 para 13.

 

Sim, em relação ao ferrarista, faltando apenas três etapas para o término do campeonato, a folga ainda é grande.

 

Mas quero ver como a Ferrari vai se comportar agora. A chance é reduzida, mas está nas mãos do finlandês. A prioridade, enfim, será dada? Massa vai trabalhar para o companheiro? Interessante...

 

A corrida foi chata. Tirando os pegas de Kubica com Coulthard e depois com Kovalainen, nada demais. Ultrapassagem que é bom, necas.

 

Minha opinião sobre a postura da Ferrari? Não tem outro jeito, aliás não sei se vai dar em algo, mas vai colocar as fichas no finlandês.

 

E você, o que acha?

Escrito por Fábio Seixas às 09h29

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Hora do palpite

E vamos para o post mais aguardado da semana, o palpite para a corrida.

 

Dá Raikkonen, com Massa em segundo e Alonso em terceiro. Ou seja, chegarão como largarão.

 

Cobrem-me depois. Ou não.

Escrito por Fábio Seixas às 07h36

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

GP Brasil é confirmado até 2014

Interlagos terá F-1 até 2014, pelo menos.

 

O aperto de mãos com Bernie Ecclestone aconteceu última quarta-feira, em Londres, e o contrato será assinado no dia 20 de outubro, véspera do GP Brasil.

 

O contrato atual, assinado em 2004, vence em 2009.

 

A reportagem completa está na Folha de hoje. O link, aqui, para assinantes do jornal e do UOL.

Escrito por Fábio Seixas às 07h32

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pegou fogo

Na GP2, vitória do indiano Karun Chandhok, com Andy Soucek em segundo e Lucas di Grassi em terceiro.

 

Glock? Foi acertado na volta de aquecimento por Ricardo Risati e abandonou ali mesmo.

 

Dois pontos, dois pontinhos, separam agora o alemão, ainda líder, do brasileiro. Faltam apenas uma rodada dupla, em Valência.

 

Parece que vai dar... Depois de tudo o que aconteceu com a F-1 neste ano, acho que vou eleger a GP2 como o campeonato a acompanhar.

Escrito por Fábio Seixas às 07h24

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nina Horta Fábio Seixas, 37, é jornalista com mestrado em Administração Esportiva pela London Metropolitan University, da Inglaterra, e Coordenador de Produção da Sucursal da Folha no Rio. É colunista de automobilismo da Folha e do UOL.


RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reproduçãoo do conteúdo desta Página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.