Fábio Seixas

Automobilismo e pitacos sobre tudo o mais

 

E ainda por cima é em Wembley

No dia 16, Wembley recebe a Corrida dos Campeões.

Em suma, é disparada a melhor dessas competições-brincadeiras de fim de ano.
 
Neste ano, são oito equipes. A inglesa, formada por Button e Priaulx. A alemã, por Schumacher e Vettel. Está bom ou quer mais?
 
Tudo bem, tem mais. Kovalainen e Grönholm pela Finlândia. Bourdais e Muller pela França. E por aí vai.
 
E se eu tinha alguma dúvida se o negócio era legal ou não, morreu quando vi o vídeo abaixo.
 
 
É, é em Wembley que eu queria estar no dia 16...

Escrito por Fábio Seixas às 01h47

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Festa da firma

Está acontecendo agora, em Mônaco, a festa de premiação da FIA.
 
Pensei, primeiro, em postar uma foto dos três primeiros colocados da F-1, com o príncipe Albert. Mas, matutando melhor, achei que essa aqui faria mais sucesso...
                                                                                                               Lionel Cironneau/AP
Senhora e senhor Raikkonen, na entrada do festerê do príncipe

Escrito por Fábio Seixas às 18h59

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Alemães brilham em Jerez

Os motores da F-1 não roncam mais em 2007.

 

A última bateria de testes do ano acabou hoje, em Jerez de la Frontera.

 

O mais rápido foi Vettel, com slicks, assim como Kubica, Rosberg e Schumacher, que o seguiram.

 

Mas, diz a "Autosport", foi o heptacampeão que deixou todo mundo boquiaberto: cravou seu tempo usando o regulamento de 2009, que corta em 30% a pressão aerodinâmica. Daí a rodada pela manhã, registrada na foto abaixo.

 

Pela última vez no ano, aos tempos:

 

1º. S.Vettel (Toro Rosso), 1min18s213 (100 voltas)

2º. R.Kubica (BMW),  1min18s410 (119 voltas)

3º. N.Rosberg (Williams), 1min18s796 (97 voltas)

4º. M.Schumacher (Ferrari), 1min19s136 (58 voltas)

5º. K.Nakajima (Williams), 1min19s611 (76 voltas)

6º. T.Glock (Toyota), 1min19s961 (58 voltas)

7º. F.Massa (Ferrari), 1min20s000 (45 voltas)

8º. S.Bourdais (Toro Rosso), 1min20s033 (87 voltas)

9º. J.Trulli (Toyota), 1min20s229 (69 voltas)

10º. D.Coulthard (Red Bull), 1min20s657 (72 voltas)

11º. A.Davidson (Super Aguri), 1min20s821 (102 voltas)

12º. T.Sato (Super Aguri), 1min21s092 (84 voltas)

13º. M.Asmer (BMW), 1min21s333 (80 voltas)

14º. G.Van der Garde (Force India), 1min22s321 (81 voltas)

15º. R.Rodriguez (Force India), 1min22s508 (82 voltas)

Escrito por Fábio Seixas às 15h58

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Dia difícil no escritório

Se você é daqueles que não curte Schumacher, vai adorar essa foto...
                                                                                        Jaro Muñoz/Efe
 
Acabou de acontecer em Jerez.

Escrito por Fábio Seixas às 14h22

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

E a FIA pisa na bola de novo...

A FIA acaba de divulgar um calhamaço com decisões do Conselho Mundial, que encerrou hoje o último encontro de 2007, em Mônaco.
 
De mais interessante, as limitações para o desenvolvimento aerodinâmico. A entidade estabelece que cada equipe só poderá usar um túnel de vento ao longo da temporada e que a escala máxima dos modelos deve ser de 60% _hoje, há túneis que comportam carros inteiros.
 
O Conselho também decidiu adiar para 14 de fevereiro de 2008 a palavra final sobre o uso ou não de informações confidenciais da Ferrari no novo carro da McLaren.
 
O comunicado termina com uma nota lamentável: os conselheiros autorizaram a FIA a entrar com processo judicial contra o "Sunday Times", que, veja só que heresia, publicou um artigo criticando a entidade, dizendo que ela promovendo uma "caça às bruxas" contra a McLaren.
 
Lamentável, retrógrado, antidemocrático, deplorável. Em bom português, uma atitude babaca. Se a moda pega...

Escrito por Fábio Seixas às 13h21

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Contagem regressiva

Agora que o mundo sabe que a Renault não será punida mesmo, a grande questão passa a ser a data do anúncio da volta de Alonso.

 

Meu palpite? Será logo, antes do Natal. E, junto, vem a confirmação de Nelsinho como seu companheiro, notícia já anunciada aqui há tempos.

 

Não por acaso, Kovalainen aparece hoje em sites por aí dizendo que não está preocupado com o futuro. É claro, está trocando a Renault pela McLaren. Você estaria preocupado?

Escrito por Fábio Seixas às 09h52

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sexta, coluna

Sexta, coluna

Uma análise do julgamento de ontem em Mônaco e uma pequena retrospectiva do ano na F-1.

 

A última coluna de 2007 está aqui, para assinantes da Folha e do UOL.

 

(O colunista sai de férias na segunda-feira. O blogueiro, não).

Escrito por Fábio Seixas às 09h41

Comentários () | Enviar por e-mail | Colunas na Folha | PermalinkPermalink #

Igual, mas diferente

Fui buscar nos arquivos: com algumas palavras diferentes aqui e ali, o veredicto de hoje é idêntico ao emitido em julho, no primeiro julgamento do Stepneygate.

Na ocasião, a Ferrari recorreu. E, na Corte de Apelações, a McLaren levou a multa de US$ 100 milhões, mais a declassificação no Mundial de Construtores.
 
Até agora, a equipe de Ron Dennis não se manifestou sobre a possibilidade de recurso. E, pelo momento político já discutido aqui, duvido que o faça.

Escrito por Fábio Seixas às 18h25

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Renault: culpada, mas absolvida

As melhores pizzas que já comi na vida saíram dos fornos de um restaurantezinho meia-boca de Mônaco, atrás das cabines de rádio e TV, logo após a Rascasse.
 
Em dezembro de 2005, passeando pelo principado, fiquei desolado ao descobrir que o lugar não existe mais.
 
Pois hoje a tradição pizzaiola monegasca foi restaurada.
 
Trecho do comunicado que acaba de ser divulgado pela FIA: "o Conselho Mundial considerou que a Renault infringiu o artigo 151c do Código Esportivo Internacional, mas não haverá punição".
 
Os detalhes do "julgamento" só serão divulgados amanhã.
 
Não, não vou me dar ao trabalho de ver.

Escrito por Fábio Seixas às 16h17

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ops, botão errado

Essa é inacreditável: a companhia ferroviária da República Tcheca entrou hoje com uma ação judicial contra Emerson Fittipaldi por causa de um episódio bizarro ocorrido no dia 11 de outubro.
 
O bicampeão participava de uma campanha publicitária em um trem-bala entre Praga e Brno e foi convidado a visitar a cabine. Lá, segundo a acusação, Emerson "acionou um botão sem autorização, colocando em risco a vida dos passageiros".
 
Emerson está em Brasília, negociando uma etapa da A1GP na cidade. Sua assessoria confirma que ele fez mesmo o passeio de trem (aliás, há até foto no site da A1GP), mas ainda não sabia da tal história do quase-acidente. Assim que receber uma resposta, publico aqui.
                                                                                                         Divulgação/A1GP
Emerson, antes do embarque em Praga, todo sorridente. Ao seu lado, talvez prevendo o que vinha pela frente, Tomas Enge, lembram dele?

Escrito por Fábio Seixas às 15h44

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A vez dos slicks

Com slicks, Kubica foi o mais rápido do dia em Jerez. Ele colocou 0s157 em Hamilton, que usou os pneus com sulcos.

 

Massa, com os mesmos calçados do inglês, cravou o terceiro tempo. Todos os outros dez primeiros colocados fizeram seus melhores tempos com slicks.

 

Schumacher, o bom, foi o oitavo.

 

Schumacher, o ruim, teve uma bela estréia pela Force India: pela manhã, ficou parado na pista com um problema mecânico e, quando voltou, bateu no muro; à tarde, escapou da pista na mesma curva e terminou o dia em último.

 

Aos tempos:

 

1º. R.Kubica (BMW), 1min19s157 (87 voltas)

2º. L.Hamilton (McLaren), 1min19s331 (64 voltas)

3º. F.Massa (Ferrari), 1min19s333 (68 voltas)

4º. M.Webber (Red Bull), 1min19s605 (63 voltas)

5º. T.Glock (Toyota), 1min19s687 (40 voltas)

6º. P.de la Rosa (McLaren), 1min19s787 (75 voltas)

7º. N.Piquet (Renault), 1min19s834 (90 voltas)

8º. M.Schumacher (Ferrari), 1min19s885 (67 voltas)

9º. R.Barrichello (Honda), 1min19s905 (89 voltas)

10º. N.Heidfeld (BMW), 1min20s125 (87 voltas)

11º. N.Rosberg (Williams), 1min20s301 (65 voltas)

12º. S.Vettel (Toro Rosso), 1min20s339 (56 voltas)

13º. S.Bourdais (Toro Rosso), 1min20s507 (55 voltas)

14º. J.Trulli (Toyota), 1min20s775 (99 voltas)

15º. K.Nakajima (Williams), 1min20s802 (39 voltas)

16º. L.Filippi (Super Aguri), 1min20s915 (83 voltas)

17º. D.Coulthard (Red Bull), 1min21s055 (62 voltas)

18º. T.Sato (Super Aguri), 1min21s093 (79 voltas)

19º. V.Liuzzi (Force India), 1min21s194 (76 voltas)

20º. R.Schumacher (Force India), 1min21s853 (71 voltas)

Escrito por Fábio Seixas às 15h22

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A hora dos engravatados

Primeiro, uma retificação: talvez culpa das noites em claro, escrevi ontem que a reunião do Conselho Mundial seria em Paris. Errei feio, por 1000 km.
 
A audiência acontece em Mônaco. E a FIA acaba de divulgar algumas cenas do encontro...
 
 
 
Animado, não?

Escrito por Fábio Seixas às 13h55

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A foto

A foto

Um prazeroso déjà vu. Uma sensação de alívio. Uma esperança.
 
A foto da semana é esta, clicada agora há pouco em Jerez por Jaro Muñoz, da agência Efe.
 
De la Rosa, calçado com os bons e novos slicks...
 

Escrito por Fábio Seixas às 12h48

Comentários () | Enviar por e-mail | A foto | PermalinkPermalink #

O linguarudo

Numa entrevista à “Auto Motor und Sport”, Raikkonen deu com a língua nos dentes e revelou o dia do lançamento do carro da Ferrari: 7 de janeiro.

 

Aparentemente, o finlandês imaginou que a equipe já havia anunciado a data. Errou. E a revista alemã ganhou um furo de reportagem.

 

O trabalho para 2008 está acelerado. Das equipes candidatas a vitórias, a Renault será a última a apresentar seu modelo, na última semana de janeiro. A explicação é simples: são tantas as mudanças para 2008 que ninguém cogita começar o campeonato com o carro de 2007.

 

Exceções feitas a Toro Rosso e Super Aguri, que não fazem lá muita diferença...

Escrito por Fábio Seixas às 11h15

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Briatore contra-ataca

O veredicto nem saiu e Briatore já ameaça processar a McLaren por difamação caso sua Renault escape ilesa do imbróglio.

 

Alonso, imagino, vai querer ajudar nas despesas com os advogados...

Escrito por Fábio Seixas às 10h21

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

E o planeta Terra?

O carro de Barrichello é o mesmo. Mas o visual...
                                                                                                    Jose Luis Roca/France Presse

Escrito por Fábio Seixas às 21h10

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Clima quente em Paris

Amanhã, a batata vai assar na Place de la Concorde, 8.

 

Vai assar tanto que a McLaren escolheu hoje, "coincidentemente" a véspera da audiência, para esclarecer alguns erros factuais transmitidos para a imprensa.

 

Anteriormente a McLaren disse que havia 18 depoimentos de funcionários da Renault admitindo acesso a material confidencial da rival. A McLaren esclarece que não são 18 funcionários, mas 18 depoimentos de 13 pessoas. E que apenas 9 admitiram terem visto e discutido as informações técnicas.


A McLaren disse que suas informações foram baixadas em 11 computadores da Renault. Não está certo. As informações foram copiadas por Mackereth para 11 disquetes e de lá jogadas para o diretório pessoal do engenheiro na Renault.

 

Há uma série de outras correções, como o volume copiado: 762 páginas de e-mails e não 780 desenhos. Desenhos, diz a McLaren, foram 18.

 

Enfim, não se deixe enganar. A McLaren está batendo, não assoprando. E vai bater mais forte amanhã.

 

Em princípio, eu diria que a Renault está enrascada. Mas há os atenuantes políticos do momento, e não me parece que a FIA queira conturbar ainda mais o campeonato que já acabou.

 

O que não impede, claro, a batata de assar.

Escrito por Fábio Seixas às 17h30

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Testa-tudo

Hamilton foi o mais rápido do dia, hoje, em Jerez.

 

Segundo a McLaren, o inglês se dedicou a trabalhos aerodinâmicos num carro sem os chamados "driver aids", a parafernália eletrônica que facilita a vida dos pilotos no cockpit e que tem no controle de tração a grande estrela. 

 

"O carro fica muito diferente e exige algumas mudanças no estilo de pilotagem. Usei um pouco da minha experiência na GP2", disse.

 

De la Rosa usou a manhã para trabalhar no chassi. À tarde, utilizou os pneus slick _poucos pilotos fizeram o mesmo.

 

Aliás, são tantas as variáveis nesta semana em Jerez que está divertido ler os comunicados das equipes.

 

Na Toro Rosso, por exemplo, Vettel começou o dia com a eletrônico de 2008 e Bourdais com a centralina de 2007, mas com os "driver aids" desligados. À tarde, eles trocaram de carros.

 

Na Toyota, Kobayashi testou uma asa traseira diferente e a centralina de 2008. Glock desligou o controle de tração "com o objetivo de entender os acertos mecânicos e aerodinâmicos" para a próxima temporada.

 

E por aí vai. O que torna ainda mais leviano do que o normal tentar tirar qualquer conclusão desses testes.

 

Aos tempos:

 

1º. L.Hamilton (McLaren), 1min19s371 (73 voltas)

2º. D.Coulthard (Red Bull), 1min19s421 (80 voltas)

3º. F.Massa (Ferrari), 1min19s761 (97 voltas)

4º. K.Raikkonen (Ferrari), 1min19s779 (87 voltas)

5º. P.de la Rosa (McLaren), 1min19s887 (62 voltas)

6º. N.Piquet (Renault), 1min19s982 (71 voltas)

7º. C.Klien (Force India), 1min20s187 (86 voltas)

8º. S.Vettel (Toro Rosso),  1min20s398 (57 voltas)

9º. G.Fisichella (Force India), 1min20s470 (102 voltas)

10º. R.Kubica (BMW), 1min20s487 (118 voltas)

11º. T.Glock (Toyota), 1min20s523 (54 voltas)

12º. S.Bourdais (Toro Rosso), 1min20s533 (75 voltas)

13º. N.Rosberg (Williams), 1min20s671 (66 voltas)

14º. A.Zuber (Super Aguri), 1min20s897 (109 voltas)

15º. M.Webber (Red Bull), 1min20s944 (41 voltas)

16º. N.Hulkenberg (Williams), 1min21s068 (67 voltas)

17º. A.Davidson (Super Aguri), 1min21s076 (74 voltas)

18º. R.Barrichello (Honda), 1min21s184 (103 voltas)

19º. K.Kobayashi (Toyota), 1min21s699 (118 voltas) 

20º. N.Heidfeld (BMW), 1min22s875 (93 voltas)

 

Ah, sim: amanhã, tem Schumacher na pista.

Escrito por Fábio Seixas às 15h56

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Para aprender

O "As" saiu com uma história rocambolesca: a McLaren teria feito uma oferta para Alonso voltar em 2008, tendo à disposição uma equipe técnica toda dele, independente. Informações não seria divididas com Hamilton e vice-versa.
 
A McLaren, claro, já negou. "A McLaren não tem conhecimento de nenhuma discussão com Fernando ou seu empresário", disse a equipe.
 
É claro que era furada. Qualquer pessoa que tenha acompanhado um GP desta temporada sabe que Dennis não quer ver Alonso na sua frente nem pintado de ouro e cravejado de diamantes. E olha que ele adora dinheiro...
 
Mas é um caso curioso, sintomático. Didático, até. Porque mostra como, na falta de um alvo fixo, as pessoas estão atirando pra todo lado.
 
Nessas últimas semanas, Alonso foi colocado na Toyota, na Honda, na Ferrari e, agora, recolocado na McLaren.
 
Alonso vai para a Renault ou para a Red Bull. Ponto final. E dependendo do veredicto de amanhã, o mistério acaba antes da semana.

Escrito por Fábio Seixas às 14h49

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Jerez e a volta dos pneus slick

Confesso que tinha perdido as esperanças de voltar a ver a F-1 com pneus slick.


A teimosia de Mosley parecia inabalável. Os pneus com sulcos eram um ponto de honra na gestão do inglês à frente da FIA.

 

Mas eis que neste 4 de dezembro de 2007,  em Jerez de la Frontera, a F-1 voltou a experimentar pneus lisos. Button foi o primeiro. Heidfeld o seguiu. E terminou o dia na frente, 0s670 mais veloz que o melhor piloto com os pneus sulcados, De la Rosa.

 

“Foi divertido. O carro se torna mais previsível. Você sabe para onde ele está indo”, disse Button à “Autosport”.

 

Coincidentemente, foi lá mesmo, em Jerez, que a F-1 se despediu dos slicks, há pouco mais de dez anos: 26 de outubro de 1997. Aquele treino oficial foi inesquecível: três pilotos no mesmo milésimo de segundo. Villeneuve, Schumacher e Frentzen cravaram 1min21s072, 2s030 mais lentos que Heidfeld, hoje.

 

É, Mosley... Os objetivos eram nobres. A forma de tentar atingi-los é que foi errada. Bem errada.

 

Aos tempos:

 

1º. N.Heidfeld (BMW), 1min19s042 (73 voltas)

2º. J.Button (Honda), 1min19s155 (65 voltas)

3º. P.de la Rosa (McLaren), 1min19s712 (48 voltas)

4º. K.Raikkonen (Ferrari), 1min20s083 (73 voltas)

5º. N.Piquet (Renault), 1min20s366 (66 voltas)

6º. S.Bourdais (Toro Rosso), 1min20s615 (97 voltas)

7º. G.Paffett (McLaren), 1min20s638 (50 voltas)

8º. M.Webber (Red Bull), 1min20s682 (65 voltas)

. M.Gene (Ferrari), 1min20s832 (67 voltas)

10º. M.Conway (Super Aguri), 1min20s927 (87 voltas)

11º. S.Vettel (Toro Rosso), 1min21s086 (45 voltas)

12º. J.Rossiter (Super Aguri), 1min21s246 (71 voltas)

13º. T.Glock (Toyota), 1min21s336 (69 voltas)

14º. G.Fisichella (Force India), 1min21s424 (41 voltas)

15º. N.Hulkenberg (Williams), 1min21s556 (28 voltas)

16º. F.Montagny (Force India), 1min21s559 (65 voltas)

17º. K.Nakajima (Williams), 1min21s586 (33 voltas)

18º. M.Asmer (BMW), 1min21s962 (57 voltas)

19º. K.Kobayashi (Toyota), 1min22s186 (111 voltas)

20º. J.Villa (BMW), 1min23s583 (53 voltas)

Escrito por Fábio Seixas às 18h22

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pit Stop no ar

Pit Stop no ar

Está aqui o Pit Stop de hoje, com muita conversa sobre Schumacher, Hamilton, Alonso, kart, Stock...


E com um palpite arriscado no final.

Escrito por Fábio Seixas às 17h54

Comentários () | Enviar por e-mail | Pit Stop em vídeo | PermalinkPermalink #

Pit Stop à espanhola

Os testes da F-1 em Jerez são o destaque de hoje no “Pit Stop”.

 

O programa começa às 14h30. Para assistir ao vivo, clique aqui.

 

E para mandar perguntas, elogios rasgados ou descer a lenha nos apresentadores, o e-mail é uolnewsformula1@uol.com.br

Escrito por Fábio Seixas às 12h06

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mais uma porta fechada

A notícia surgiu na “Sport Bild” e mereceu todas as ressalvas possíveis.

 

Afinal, trata-se da revista de esportes do “Bild”.

 

Mas agora outra publicação alemã, muito mais séria, a “Auto Motor und Sport”, bate na mesma tecla: Alonso teria mesmo visitado a Honda.

 

O acordo, segundo a revista, não saiu porque a equipe tem dois pilotos sob contrato, porque não poderia oferecer um carro vitorioso ao espanhol na próxima temporada (história parecida com a da Toyota) e porque Alonso queria no máximo dois anos de contrato.

 

“Um piloto como Alonso fortaleceria qualquer equipe, mas ele quer vencer corridas. Em 2008, teremos altos e baixos, o que é normal numa fase de reestruturação. Para os nossos objetivos em 2008, Button e Barrichello são os melhores pilotos possíveis”, disse Brawn à publicação.

 

Mais uma porta que se fecha.

 

É Renault ou Red Bull.

 

Ou ano sabático. O que seria uma pena para um piloto com o talento e a idade de Alonso.

Escrito por Fábio Seixas às 11h45

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A modéstia de Brawn

Dia maluco, estranho. São quatro do lado esquerdo, duas do direito. Um dia explico.

 

Menos ruim que o dia foi parado na F-1, não havia muito o que colocar aqui mesmo.

 

O melhor que vi foi a entrevista exclusiva de Brawn ao site oficial da F-1. Ele deixou claro que não pensava em voltar à Ferrari após o ano sabático.

 

“No fim de 2004, eu assinei por dois anos, sabendo que seria o último contrato, encerrando um ciclo de dez anos”, disse o inglês. “Então gradualmente começamos a construir uma nova estrutura em torno das áreas pelas quais eu era o responsável. E o resultado deste ano provou que isso funcionou.”

 

Modéstia. O resultado frio, curto e grosso mostra isso. Mas a análise corrida a corrida, não. A Ferrari neste ano acumulou barbeiragens estratégicas. Se a Ferrari venceu, é porque sua adversária, a McLaren, conseguiu errar ainda mais.

 

Em 2008, não sei se a McLaren volta a errar tanto. Mas a sorte da Ferrari, pode ser outra: a rival com uma dupla inferior, e Alonso correndo para vencer um GP aqui, outro ali e olhe lá.

Escrito por Fábio Seixas às 22h53

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Alto impacto

Se você tem coração fraco, não continue neste post.
 
Continuou? Beleza, eu avisei. No warm-up para a GT3, hoje, em Interlagos, Marcelo Fernandes derrapou numa mancha de óleo e fez isso com uma Ferrari F430...
 
 
 
 
 
 
 
Pelo menos Fernandes fez juz à marca que os patrocina. As fotos são de Vanderlei Soares.

Escrito por Fábio Seixas às 15h51

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Gosto amargo no fim

Daí que neste ano inventaram a GT3, campeonato bacana, cheio de carros espetaculares, para alguns poucos pilotos profissionais e muitos dublês de pilotos ricaços.
 
Daí que fizeram nove etapas, a última delas em Interlagos, hoje. Vitória de Andreas Mattheis e Xandy Negrão, com um Dodge Viper.
 
Daí que eles foram campeões, com 73 pontos, 16 a mais que Paulo Bonifacio e Alceu Feldmann.
 
Daí que foi tudo parar no tapetão.
 
Trecho do comunicado oficial da categoria: "A equipe de Bonifácio entrou com um protesto relativo a oito supostas irregularidades no Viper. Um deles, a carga das molas da suspensão, não poderá ser verificada em Interlagos. 'Precisaremos levá-las a um laboratório', comentou um comissário da Confederação Brasileira de Automobilismo".
 
Daí que esse tipo de coisa é muito chato. E estragou o fim da temporada.

Escrito por Fábio Seixas às 15h40

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Bom, mas ruim

Correr de kart é uma delícia. Ver corrida de kart pela TV é sacal, não tem jeito, podem tentar o que quiserem na transmissão. Não funciona na TV, é inerente ao esporte.
 
Sendo assim, e preso em casa pelos caprichos de uma moça de dez dias de vida, acompanhei pouco das 500 Milhas da Granja Viana.

Soube por amigos que a cronometragem, fornecida pela empresa Racing Crono, foi lamentável. A prova precisou ser interrompida uma vez antes de ser encerrada quando ainda faltavam cerca de 50 milhas (ou 80 km) para o fim.
 
Contam, ainda, que houve certo mal estar com mais um sucesso da dupla Barrichello-Kanaan, a sétima em 11 edições da prova.
 
O kart que os dois dividiram com Lucas di Grassi, Renato Russo e Felipe Giaffone, promotor da prova, completou 581 voltas em 10h35min41s829. Ficou 3s179 à frente do kart que os mesmos Barrichello e Kanaan dividiram com Antonio Pizzonia, Lucas di Grassi e Thiago Camilo.
 
"Não guiamos nada. E ainda temos um botão no volante do kart que pode alterar o placar eletrônico. A verdade é que as pessoas precisam aprender a perder, assim como devem aprender a ganhar", disse o baiano, no comunicado distribuído pela assessoria do evento.
 
Completou o pódio o kart de Luciano Burti, Denis Dirani, Gabriel Dias e Felipe Guimarães.
 
Abaixo, a festa das duas primeiras colocadas.
                                                                                    Carsten Horst/MF2

Escrito por Fábio Seixas às 15h09

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nina Horta Fábio Seixas, 37, é jornalista com mestrado em Administração Esportiva pela London Metropolitan University, da Inglaterra, e Coordenador de Produção da Sucursal da Folha no Rio. É colunista de automobilismo da Folha e do UOL.


RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reproduçãoo do conteúdo desta Página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.