Fábio Seixas

Automobilismo e pitacos sobre tudo o mais

 

Sábado, fuso horário e coluna

Sábado, fuso horário e coluna

A Ferrari conseguiu um baita resultado no treino oficial em Sepang, mas ainda tem muito o que acertar em 2008.
 
O motivo, a saída de Todt, o artífice da reconstrução da escuderia em meados dos 90. E que está lá, em Sepang, passeando todo pimpão ao lado da namorada, mas vira-e-mexe aparecendo nos boxes ferraristas. 
 
Todt é o tema da coluna de hoje na Folha. Aqui, para assinantes do jornal e do UOL.

Escrito por Fábio Seixas às 14h47

Comentários () | Enviar por e-mail | Colunas na Folha | PermalinkPermalink #

Razões para ficar acordado

Kovalainen e Hamilton atrapalharam Alonso e Heidfeld?
 
Sinceramente não vi.
 
A FIA diz que viu. E deve ter se debruçado sobre as parciais dos reclamões nas voltas lançadas.
 
Punidos, Kovalainen e Hamilton largam em oitavo e nono, o que só tornará a corrida mais bacana.
 
Some isso à insistência da meteorologia malaia em chuva e, pronto, está aí um bom motivo para acordar e/ou segurar o sono até as 4h.
 
É, para quem está no Brasil, é o pior horário de largada em todo o ano. Repito, então, a pergunta que fiz no ano passado. Sempre vem resposta boa.
 
Qual será sua estratégia para estar às 4h diante da TV?

Escrito por Fábio Seixas às 14h42

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Massa é pole, mas a McLaren está viva

Pole position em Sepang para Felipe Massa. Ao seu lado, o companheiro de Ferrari, Kimi Raikkonen.
 
O que dizer?
 
Que a Ferrari estava mordida. Porque o desempenho de Massa e Raikkonen no treino classificatório foi digno de aplausos.
 
No Q3, o brasileiro cravou a melhor volta e depois se deu ao luxo de melhorar ainda mais o tempo. A diferença para o segundo colocado, 0s482, é uma eternidade em se tratando de luta pela pole.
 
E o que dizer da McLaren?
 
Que talvez esteja mais pesada. Porque não entendi o motivo de colocar pneus duros na primeira das duas tentativas de cravar volta. Como a Ferrari mostrou estar melhor em ritmo de corrida, a McLaren pode ter sacrificado o grid em nome de uma estratégia que se pague nos primeiros pit stops. A conferir.
 
Em 2007, é bom lembrar, a pole foi de Massa. No pódio, dobradinha da McLaren, com Alonso e Hamilton.
 
Não, não quero secar nem jogar água no chope de ninguém. Só estou alertando que a impotência da McLaren, hoje, soou estranha...
 
De resto, poucas surpresas. A Renault andou muito mal, mas o grande fiasco foi a Williams, com Rosberg em 16º e Nakajima ficando na primeira degola.
 
Ah, sim: uma grande vaia para os meteorologistas malaios!

Escrito por Fábio Seixas às 04h24

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sepang, 3º treino livre

Foi quase um replay da segunda sessão de treinos: Ferrari na frente o tempo todo, mas no fim surgiu alguém para estragar a festa.
 
Ontem, foi Hamilton. Hoje, Heidfeld.
 
A McLaren, aliás, andou o tempo todo lá atrás, escondidinha. Hamilton só deixou os boxes na segunda metade do treino. Terminou em 11º. Kovalainen ficou em 16º.
 
Para a pole, aposto em Hamilton. E acho que a Ferrari pode enfrentar problemas com a BMW.
 
Nelsinho merece um destaque. Depois do fim de semana horrível de Melbourne, vem andando muito, e bem, na Malásia. No finalzinho da sessão, quase cravou todo mundo: fez a melhor primeira parcial, mas passou dez segundos mais alto na segunda. De qualquer forma, terminou em sétimo. Muito bom.

Escrito por Fábio Seixas às 01h54

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sepang, 2º treino livre

Estava dando Ferrari.

Estava. Porque, quando quis, Hamilton foi pra pista e cravou a melhor volta.
 
A verdade é que a McLaren está um passo à frente neste começo de ano. Outra verdade é que a Ferrari parece um pouco perdida.
 
O resultado do segundo treino livre é determinante para a corrida? Não, não é. Mas a forma como Hamilton conseguiu o primeiro tempo diz muito.
 
A McLaren, enfim, pinta como a favorita do fim de semana. Por "McLaren", leia-se "Hamilton"
 
De resto, o primeiro dia de Sepang teve menos escapadas do que em Melbourne. Pista mais limpa, pilotos menos ansiosos, engenheiros entendendo melhor os carros em fim de semana de GP. Mas, claro, tudo isso vai pro espaço se as previsões de chuva (oxalá!) se confirmarem.
 

Escrito por Fábio Seixas às 05h07

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Imagens do front (seco)

A chuva passou longe de Sepang nesta sexta-feira, como se vê pelos cliques da Tatiana Cunha pelo circuito... 
 
 
 
 
 
 

Escrito por Fábio Seixas às 03h24

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sepang, 1º treino livre

A Ferrari chegou à Malásia ressabiada. E ganhou motivos, logo no primeiro treino livre, para ficar seriamente preocupada.
 
Primeiro, com Sutil. O motor do alemão, Ferrari, foi pros ares depois de cinco voltas. Logo depois, com Raikkonen, que ficou pela pista.
 
Outro dia alguém escreveu aqui que Todt foi embora e levou consigo o manual de instruções. Será? Começo a acreditar nessa possibilidade... 
 
Quatro motores quebrados em um GP e um treino livre. E um carro, o do finlandês, agora há pouco, arrastando-se pela pista e parando. Não parece ser um bom saldo para um início de temporada...
 
E o Coulthard? Decolou numa zebra e o carro desmontou, provocando a paralisação do treino. De quem é a culpa agora? Da zebra? Antes de qualquer coisa, se estivesse no lugar do escocês, eu bateria um papinho com Newey...
 
O primeiro tempo ficou com Massa, mas foi quase um consolo. Porque a McLaren claramente treinou pensando na corrida.
 
Ironia do destino, a TV mostrou Todt, no final da sessão, em trajes civis, acompanhando o caos dos boxes da Ferrari...
 
Nelsinho foi bem, sétimo. Barrichello foi médio, 13º.
 
Agora é hora de almoço em Sepang. A macarronada da Ferrari, imagino, não será das mais animadas...

Escrito por Fábio Seixas às 00h39

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Visita em má hora

Jean Todt estará na Malásia.
 
A passeio, diz. Com um belo álibi. A namorada dele, há anos, é uma atriz malaia, Michelle Yeoh.
 
E deve ser passeio mesmo. Mas não será muito confortável para Stefano Domenicali. Principalmente depois do fiasco que foi, para a Ferrari, a abertura do Mundial...

Escrito por Fábio Seixas às 18h34

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

História estúpida?

Em entrevista aos repórteres brasileiros disponibilizada no Tazio, Massa chamou de "louca" e de "estúpida" a história publicada pela "Autosprint".
 
Por outro lado, Schumacher colocou no brasileiro a culpa pelo acidente com Coulthard na Austrália.
 
Schumacher, aquele mesmo que, segundo a revista italiana, intermediou a negociação da Ferrari com Vettel.
 
Fritura? Pode ser.
 
Certeza, mesmo, só de que essa história vai se arrastar por algum tempo...

Escrito por Fábio Seixas às 10h18

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mais sobre Vettel, Massa e a Ferrari

Acabei de ler a reportagem completa da "Autosprint", escrita pelo Cesare Maria Mannucci, amigo desde os tempos em que ambos cobríamos a antiga Indy.
 
Cesare crava a saída do brasileiro. Escreve que o contrato entre Ferrari e Vettel já foi assinado e que o destino de Massa, ano que vem, será uma das equipes que usam os motores de Maranello.
 
Segue o trecho:
 
"Vettel arriverà al posto di Felipe Massa, che la Ferrari girerebbe ad una squadra a cui già fornisce il motore: Toro Rosso o Force India, mantenendo formalmente il contratto triennale rinnovato sino al 2010. Il passaggio di consegne Massa-Vettel sarebbe possibile in virtù del ridimensionamento del ruolo di Jean Todt nella gerarchia del potere Ferrari."
 
Mantenho o que escrevi ontem. Mas, errr... Não coloco a mão no fogo.

Escrito por Fábio Seixas às 19h19

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Os vídeos de Bernie

No ano passado, metemos o pau em Ecclestone, na FOM e em seus tentâculos sobre aquela história de mandarem tirar do Youtube e seus genéricos as imagens das corridas.
 
O motivo pode estar, em parte, explicado.
 
O site oficial da F-1 neste ano trará vídeos editados das corridas. Está ali no canto superior esquerdo da homepage, "video edits". Há, também, um resumão da temporada 2007.
 
Ainda acho uma besteira enorme proibirem o Youtube, mas pelo menos fizeram alguma coisa bacana,
 
Vejam lá e contem aqui o que acharam...

Escrito por Fábio Seixas às 18h58

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A superinflação de Interlagos

Os ingressos para o GP Brasil já estão à venda no site oficial do evento.
 
Segue a tabela:
 
 
Mais uma vez, os preços subiram mais que a inflação.
 
Como fiz no ano passado, tomei o setor mais "popular", o G, como exemplo.
 
Em 2007, os ingressos foram colocados à venda em maio. A entrada de três dias no G custava R$ 345. Agora, sai por R$ 370.
 
Aumento de 7,25%.
 
No período, maio de 2007 a fevereiro de 2008, a inflação acumulada segundo o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, calculado pelo IBGE) foi de exatos 3,97%.
 
No setor A, o aumento no preço foi de 7,61%. No F, de 6,88%. No B, o aumento foi de 17%! Isso mesmo, DEZESSETE POR CENTO. E por aí vai...
 
Que beleza, não?

Escrito por Fábio Seixas às 17h24

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Imagens do front (molhado)

Chove a cântaros em Sepang.
 
E o melhor é que essa é a previsão da meteorologia para a corrida.

Seguem as primeiras fotos enviadas pela Tatiana Cunha, de um autódromo ainda bem vazio, nesta quarta-feira malaia...
 
 
 

Escrito por Fábio Seixas às 15h22

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pit Stop com bate-papo

Pit Stop com bate-papo

Está aqui o Pit Stop desta semana, que teve um bate-papo sobre o GP da Austrália.
 
 
Na semana que vem, vamos repetir a experiência. Participe.

Escrito por Fábio Seixas às 11h14

Comentários () | Enviar por e-mail | Pit Stop em vídeo | PermalinkPermalink #

Vettel, Massa e a Ferrari

A "Autosprint" escreve hoje que a Ferrari está próxima de assinar com Vettel para a temporada de 2009. O alemão substituiria Massa.
 
O brasileiro tem contrato até 2010. Mas, sabe como é, contratos existem para serem rasgados...
 
Quando surge uma história assim, é difícil comentar. A "Autosprint" deve ter elementos para escrever, em primeira mão, o que escreveu. Todo mundo agora vai correr atrás. E dar pitacos.
 
Que é o que faço por ora.
 
É possível? É. Eu acredito? Não.
 
Menos pelo que Massa vem fazendo, mais pelo empresário que tem.
 
Embora Todt tenha oficializado hoje sua saída do cargo de CEO, ele ainda continuará tendo influência em Maranello. Será o francês, por exemplo, o homem da Ferrari nas relações com a FIA.
 
Vettel pode até ter assinado com Maranello. Mas acho que para 2010.

Escrito por Fábio Seixas às 21h25

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Nelsinho e a falta de preparação

Li a notícia no Tazio.
 
Começa assim: "Pat Symonds, diretor-técnico da Renault, foi rápido para defender Nelsinho Piquet após a frustrante estréia do brasileiro na F-1. O dirigente disse que o piloto foi atrapalhado pela falta de uma preparação adequada e por um nível irreal de expectativa. 'A pressão lá e a preparação não foram do modo como eu gostaria', afirmou Symonds."
 
A fonte é a ótima "GP Week", lançada na semana passada. 
 
Symonds tem certa razão. A expectativa sobre o garoto era enorme. E quando ele fala em "preparação", refere-se aos treinos livres, não a tudo o que foi feito desde o ano passado, quando Nelsinho atuou como piloto de testes.
 
Por isso não julguei e acho inadequado julgar o desempenho de Nelsinho na F-1 por apenas uma corrida. Estréia é sempre difícil. Vamos esperar mais um pouco.

Escrito por Fábio Seixas às 13h08

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Diário de um fiscal de pista

Lembram do Thiago Hyppolito, que trabalhou como fiscal de pista em Melbourne?
 
Ele manda notícias. E fotos. E vídeos...
 
"Que corrida, que evento incrível aqui em Melbourne! Foi uma pena estar tão exausto pra ficar para o show do Kiss, mas minhas forças só me permitiram dar uma passada rápida no churrasco dos 'race officials' e voltar para casa.
 
O domingo foi super agitado e de muito calor.
 
Além de o trabalho ser maior, o calor não deu trégua. 108 mil felizes e bronzeados espectadores vieram ao Albert Park. Mas apesar de tudo, fui recompensado pela beleza de corrida e pelo Nelsinho ter abandonado bem no meu setor. E detalhe: eu fui o responsável por cuidar do carro pra que ninguém o tocasse até o fim do GP, quando chegasse o caminhão pra levá-lo embora.
 
Legal também foi poder entrar na pista durante a parada dos pilotos.
 
Esse é o prêmio pra quem trabalha dentro de um macacão durante 10 horas debaixo de um sol de 38 graus.
 
Destaque para o Rubinho que desfilou junto com o Massa no carro do Massa, e o carro do Rubinho passou sem ninguém. Porém, eu gritei um 'vamo Massa, vamo Rubinho', me atrapalhei e a foto só dá pra ver o Rubinho. Paciência.
 
Um grande abraço, e a gente vai se falando durante a temporada"
 
Briefing dos fiscais, na manhã de domingo
 
Um dos motorhomes da V8 Supercars
 
Massa e Barrichello no desfile dos pilotos
 
Nelsinho abandona o GP
 
Nelsinho tenta descobrir o que aconteceu
 
Thiago, nosso enviado especial à beira da pista
 
O Thiago também mandou dois vídeos. Este aqui foi feito na curva 9. E este, das arquibancadas.
 
Valeu, Thiago! Quando você embarca pra Malásia?

Escrito por Fábio Seixas às 12h46

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pé atrás

Falta pouco. "Speed Racer", alvo de tantos e tantos posts aqui, estréia em maio.
 
Já há até trailer na praça. Como esse abaixo...
 
 
Há outro trailer aqui e mais um aqui.
 
A dica foi do Marcos Bolinha. O que achei? Essa linguagem visual futurista, sei não...

Escrito por Fábio Seixas às 19h44

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pit Stop diferente

O Pit Stop desta semana será diferente: faremos um chat sobre o GP da Austrália.
 
O horário é o mesmo de sempre: amanhã, às 14h30.
 
Para assistir, o link é este. Para participar do chat, leia as instruções aqui.

Espero todo mundo lá. E não quero perguntas fáceis!

Escrito por Fábio Seixas às 16h12

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A foto

A foto

Ah, a falta que faz um programinha de computador...
 
 
A foto é de Kerim Oktem, da Efe.

Escrito por Fábio Seixas às 13h42

Comentários () | Enviar por e-mail | A foto | PermalinkPermalink #

Pito

As F1 Girls estavam sumidas. Mas voltaram com tudo nesse início de temporada...
 

Escrito por Fábio Seixas às 12h19

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A culpa é do espelhinho!

Depois de dar piti na Austrália, atacando Massa pelo acidente bizarro que o tirou da corrida, Coulthard achou novos culpados para a batida. Os espelhos retrovisores.
 
"A FIA deveria entender que a gente não enxerga quase nada com esses espelhinhos", disse.
 
Coulthard pode até ter razão nisso. Mas com espelho ou sem espelho, nada além de barbeiragem explica o que ele fez em Melbourne.
 
Mais: só agora ele percebeu isso?  E ele que se entenda com a Red Bull: na Renault, Alonso conseguiu convencer os engenheiros a instalar os espelhinhos mais perto do cockpit...

Escrito por Fábio Seixas às 09h29

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sobre a punição a Barrichello

Sobre a desclassificação de Barrichello, uma pena. Ao lado de Bourdais, o brasileiro foi o destaque de Melbourne. É sempre legal ver pilotos com carros ruins chegando bem.
 
Uma pena, mas foi merecido. Barrichello entrou nos boxes quando não podia (por isso o stop & go) e saiu quando não era permitido (daí, a eliminação).
 
Ficam, porém, duas dúvidas:
 
1. Por que a direção de prova não lhe mostrou bandeira preta, como fez com Massa no Canadá, no ano passado? As imagens da TV, afinal, não deixam dúvidas da infração;
 
2. Ross Brawn está fora de forma?

Escrito por Fábio Seixas às 13h41

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Hamilton, uma vitória que valerá muito

Corrida agitada, acidentada, com três safety cars, erros pra todo lado, só sete cruzando a linha de chegada. Corrida boa, enfim.

 

Mas péssima para os pilotos brasileiros.

 

Massa se afobou na largada, errou quando lutava com Kovalainen, caiu para o fundão e acabou abandonando com “problemas de motor”, segundo a Ferrari.

Nelsinho largou atrás, ganhou algumas posições com a confusão na largada, mas se embananou e voltou para o fundão. Onde ficou, virando 3 segundos mais lento que todo mundo, até abandonar.

 

Barrichello até que foi bem. Com a draga de carro que tem nas mãos, fez uma ótima corrida, passou a segunda metade da prova na zona de pontos e chegou até a flertar com o pódio. Mas foi vítima de um erro crasso da equipe: o mecânico levantou a placa-pirulito antes do tempo, ele levou o frentista junto quando acelerou e foi punido com um stop and go de 10 segundos. Depois, saiu dos boxes com as luzes vermelhas acionadas. Deve vir punição por aí...

 

Vitória de Hamilton, fácil, tranqüila, sem sustos. Uma vitória que valerá muito para o campeonato, daqui a alguns meses. Porque seus principais rivais não pontuaram _Raikkonen abandonou quando faltavam três voltas para o fim.

 

Heidfeld foi o segundo, mostrando que a BMW reencontrou o caminho que pareceu perdido em algum momento da pré-temporada.

 

E Rosberg foi o terceiro. Comprovando que a Williams está de volta. O que é bacana. Parabéns.

 

Mas parabéns, mesmo, merece Bourdais. Era quarto colocado até a antepenúltima volta, mas foi vítima de quebra de motor. Um pena. Apesar da quebra, terminou em oitavo, nos pontos. Vale como consolo.

 

Merece nota ainda o duelo Alonso x Kovalainen na última volta, com vitória do espanhol. Duelo daqueles de ficar na ponta do sofá.

 

“Fantástica corrida. Seria ótimo ter 17 provas assim”, disse o engenheiro da McLaren a Hamilton na volta de desaceleração.

 

Pole e vitória de Hamilton, melhor volta de Kovalainen. Nem o mais otimista torcedor da McLaren poderia imaginar algo assim.

 

Pra encerrar, vale a pergunta: e a Ferrari, heim?

Escrito por Fábio Seixas às 02h17

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Hora do palpite

Chegou a hora do post que todo mundo adora ler para me avacalhar depois da prova. Sim, porque quando eu acerto, ninguém lembra...

 

Massa vence, seguido por Hamilton e Raikkonen. Kubica chega em quarto.

 

Quem leva o campeonato? Raikkonen.

 

Depois da corrida a gente conversa. Boa prova, boa temporada.

Escrito por Fábio Seixas às 23h43

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nina Horta Fábio Seixas, 37, é jornalista com mestrado em Administração Esportiva pela London Metropolitan University, da Inglaterra, e Coordenador de Produção da Sucursal da Folha no Rio. É colunista de automobilismo da Folha e do UOL.


RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reproduçãoo do conteúdo desta Página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.