Fábio Seixas

Automobilismo e pitacos sobre tudo o mais

 

Sábado, estrada, frio, coluna

Sábado, estrada, frio, coluna

O esporte a motor completa hoje um século de Brasil.
 
No dia 26 de julho de 1908, 18 pioneiros partiram para uma volta pelo Circuito de Itapacerica, largando do Parque Antarctica.

A história desta corrida é o tema da coluna de hoje, aqui, para assinantes da Folha e do UOL.
 
PS: Fim-de-semana para tomar fôlego para a maratona olímpica, volto no domingo à noite. Ou não.

Escrito por Fábio Seixas às 03h23

Comentários () | Enviar por e-mail | Colunas na Folha | PermalinkPermalink #

Marcha lenta

Ainda não chegou às mãos do administrador de Interlagos o laudo encomendado pela F-Truck sobre o impacto da última corrida da categoria no circuito paulistano.
 
Assim fica difícil fazer qualquer análise...

Escrito por Fábio Seixas às 18h26

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Jerez, dia 4

Kovalainen acabou com a festa do energético.
 
Fechou a sexta-feira na frente, com 1min18s385, 0s458 melhor que o tempo de Vettel na quarta, o mais rápido até então.
 
É o que a McLaren vem fazendo há algumas semanas. O carro está sobrando tanto que a equipe se dá ao luxo de promover experiências e, quando quer, vai pra pista e crava todo mundo.
 
Massa, com a barbatana, foi o quinto.
 
Aos tempos:
 
1º. Heikki Kovalainen (FIN/McLaren), 1min18s385 (116 voltas)
2º. Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso), 1min18s746 (113)
3º. David Coulthard (ESC/Red Bull), 1min19s494 (93)
4º. Romain Grosjean (FRA/Renault), 1min19s561 (90)
5º. Felipe Massa (BRA/Ferrari), 1min19s611 (92)
6º. Kazuki Nakajima (JAP/Williams), 1min19s724 (100)
7º. Nick Heidfeld (ALE/BMW), 1min19s915 (99)
8º. Adrian Sutil (ALE/Force India), 1min19s965 (72)
9º. Jenson Button (ING/Honda), 1min20s532 (98)
10º. Kamui Kobayashi (JAP/Toyota), 1min20s878 (90)

Escrito por Fábio Seixas às 13h58

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Barbatana vermelha

A Ferrari não resistiu à tentação. Massa foi assim para a pista, hoje, em Jerez.
 
 
É a ressurreição de Newey. Que trabalha numa equipe com um bom motor e onde não falta dinheiro...
 
A Red Bull tem tudo para ser a próxima BMW.

Escrito por Fábio Seixas às 12h52

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A arte da guerra

 

As maldosas, claro, as F1 Girls...

Escrito por Fábio Seixas às 13h11

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Jerez, dia 3

A turma dos energéticos está bem em Jerez.
 
Depois de dois dias de Vettel, da Toro Rosso, o mais rápido hoje foi Webber, da Red Bull.
 
Nelsinho ficou em segundo, a 0s158. Raikkonen foi o terceiro.
 
Aos tempos:
 
1º. Mark Webber (AUS/Red Bull), 1min19s176 (85 voltas)
2º. Nelsinho Piquet (BRA/Renault), 1min19s334 (95)
3º. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min19s434 (84)
4º. Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India), 1min19s544 (86)
5º. Pedro de la Rosa (ESP/McLaren), 1min19s850 (39)
6º. Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso), 1min20s029 (77)
7º. Kazuki Nakajima (JAP/Williams), 1min20s097 (88)
8º. Timo Glock (ALE/Toyota), 1min20s421 (78)
9º. Rubens Barrichello (BRA/Honda), 1min20s614 (68)
10º. Nick Heidfeld (ALE/BMW), 1min20s896 (97)
                                                                                                                        Jaro Muñoz/Efe
Nelsinho deixa os boxes de Jerez de la Frontera nesta quinta-feira

Escrito por Fábio Seixas às 13h05

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

California dreaming

Vida chata, a do Schumacher?
 
A Ferrari informa que o alemão está passando a semana em Fiorano testando a Califórnia, novo modelo da marca, a ser lançado no Salão de Paris, em outubro.
 
O carro, constatação óbvia, é sensacional.
 
E o site que fizeram pra ele também. Dê uma olhada aqui e clique em "virtual test drive". Vale a pena.
                                                                              Ferrari 
Schumacher, nos míticos boxes de Fiorano

Escrito por Fábio Seixas às 11h16

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Max vence mais uma

Mosley ganhou a ação contra o "News of the World" e levará uma indenização de cerca de R$ 190 mil.
 
O juiz da Alta Corte de Londres entendeu que houve invasão à sua privacidade e que a orgia não teve conotação nazista.
 
Tudo isso em quatro meses.
 
Duas considerações.
 
1. Sim, é claro que houve invasão de privacidade e em nenhum momento este blog entrou no mérito de pudores e/ou falta deles. Cada um com suas taras. Mas é claro também que a reputação de Mosley ficou manchada. Se ele já conseguiu duas vitórias (na Assembléia Geral da FIA e na Alta Corte), agora partirá para a mais difícil (e improvável) delas. Recuperar o respeito de seus pares;
 
2. Deve ser bom morar num país em que a Justiça é rápida.

Escrito por Fábio Seixas às 09h25

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Jerez, dia 2

Ontem, na correria Folha-UOL-Folha, não coloquei aqui o resultado do primeiro dia de testes em Jerez.
 
Bom, deu Vettel.
 
Como nesta quarta-feira. O alemão da Toro Rosso cravou todo mundo hoje, inclusive McLaren e Ferrari.
 
Mas o que chamou minha atenção foram as declaração de Raikkonen ao site da Ferrari.
 
"É claro que a situação mudou. Temos que checar e analisar cada detalhe da nossa preparação para Hockenheim e descobrir porque fomos tão lentos, já que houve algumas coisas que simplesmente não funcionaram da maneira apropriada. Isso acontece às vezes, quando você tenta melhorar o carro", disse.
 
Ou seja... Os tiros dados pela Ferrari, depois de Silverstone, saíram pela culatra. É uma comédia de erros.
 
Bom, aos tempos:
 
1º. Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso), 1min18s843 (100 voltas)
2º. Pedro de la Rosa (ESP/McLaren), 1min19s081 (122)
3º. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min19s446 (76)
4º. Nico Rosberg (ALE/Williams), 1min19s861 (112)
5º. Mark Webber (AUS/Red Bull), 1min20s021 (105)
6º. Alexander Wurz (AUT/Honda), 1min20s416 (77)
7º. Jarno Trulli (ITA/Toyota), 1min20s534 (81)
8º. Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India), 1min20s577 (102)
9º. Nelsinho Piquet (BRA/Renault), 1min20s827 (99)
10º. Christian Klien (AUT/BMW), 1min20s866 (89)

Escrito por Fábio Seixas às 13h29

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pit Stop, edição 64

Pit Stop, edição 64

Está aqui o Pit Stop de hoje, com imagens bem bacanas das corridas do fim de semana e com um bate-papo agitado com os internautas.
 
Segue o vídeo...
 

Escrito por Fábio Seixas às 17h18

Comentários () | Enviar por e-mail | Pit Stop em vídeo | PermalinkPermalink #

Dia de bater papo

Terça-feira pós-GP é dia de Pit Stop com bate-papo no UOL.
 
O programa, hoje, começa às 15h.
 
Para assistir, o link é este aqui.
 
E as instruções para participar com perguntas e comentários estão aqui
 
Ah, sim: preparamos edições bacanas das ultrapassagens de Hamilton sobre Massa e Nelsinho e do duelo Stoner x Rossi...

Escrito por Fábio Seixas às 10h02

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ainda sobre o vídeo

Busílis, segundo o "Houaiss": cerne da questão ou do problema.
 
Muita gente não entendeu o post abaixo.
 
A questão principal, ao meu ver, não é apontar um responsável pela queda da menina. Todo mundo já se acidentou, já deu um encontrão, já esbarrou em alguém, já se envolveu numa cena constrangedora. Mas se vocês querem um "culpado maior", ok, acho que é mesmo a maluca caçadora de autógrafos.
 
O "cerne da questão", repito, foi ele não ter voltado para ajudar, para ver se estava tudo bem.
 
O primeiro ato foi um acidente. Repito, isso acontece. O segundo foi pura falta de sensibilidade. Daí, a crítica mais pesada.
 
Tudo mais claro agora?

Escrito por Fábio Seixas às 09h56

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Coisa feia, Kimi...

Em Silverstone, vocês recordam, Raikkonen empurrou um fotógrafo no grid.

Em Hockenheim, foi pior. Ele trombou numa menina no paddock, derrubando-a. Até aí, é uma pena, mas acontece. Principalmente quando alguém cruza a sua frente.
 
O busílis é que ele não voltou para ver se tudo estava bem, se ela havia se machucado, para falar uma palavra delicada, algo assim... E o problema, para ele, é que a cena já foi parar no Youtube.
 

Escrito por Fábio Seixas às 20h49

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Chiadeira no horizonte

A McLaren estaria usando um volante revolucionário, diz o "Telegraph". 
 
Duas novas borboletas, localizadas abaixo das borboletas de troca de marchas, com as quais os pilotos controlariam manualmente o torque do motor.

Ou seja, um controle de tração manual, comandado literalmente com as pontas dos dedos.
 
A conferir. Se for verdade e for só isso mesmo, não há problema nenhum, parabéns à turma de Woking pela criatividade.
 
Mas não esqueçam que é a McLaren que produz a centralina padrão da F-1... Com certeza, a concorrência vai lembrar desse "detalhe".

Escrito por Fábio Seixas às 20h37

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A foto

A foto

Conheço Nelsinho desde os tempos da F-3 sul-americana. Eu era o único repórter brasileiro em Brands Hatch quando ele levou o título da F-3 inglesa. Estava em Spa-2005 quando ele venceu pela primeira vez na GP2. Fora isso, vira-e-mexe trombava com ele em festinhas da F-1.
 
E nunca, nunca imaginei que ele pudesse ter um sorriso tão aberto.
 
 
O clique é de Jens Buettner, da agência Efe.

Escrito por Fábio Seixas às 13h41

Comentários () | Enviar por e-mail | A foto | PermalinkPermalink #

Pílulas do dia seguinte

Dennis diz que não houve ordem para Kovalainen deixar Hamilton passar. Quem ele quer enganar? O que ele tanto falava pelo rádio àquela altura da corrida, então? Comentava com o finlandês sobre as tendências da moda outono/inverno? Sim, Hamilton fez uma corridaça e inevitavelmente passaria o companheiro, como fez com Nelsinho e com Massa. Mas que Kovalainen quase parou na pista, isso é inegável;
 
Muita gente perguntou nos comentários sobre a conduta de Hamilton ao ultrapassar Massa e Nelsinho. Não achei que houve deslealdade, mas sim excesso de agressividade. Deslealdade seria se ele colocasse apenas o adversário em risco. Da maneira como fez, principalmente pra cima do novato, até ele próprio poderia ter deixado o GP;
 
Nelsão não falou nada sobre o pódio do garoto. "Ele não disse nenhuma daquelas frases com as quais estamos acostumados", disse sua assessoria ao Tazio. Se bem conheço Piquet, ele não vai falar nada. Deve estar pensando "eu não fiz nada, por que vou falar alguma coisa?". E quer saber? Ele está certo, o momento é do moleque;
 
A Toyota diz que vai procurar a FIA para discutir os procedimentos de socorro a Glock. A equipe não gostou de maneira como ele foi retirado do carro, sem maca, sem imobilização. Ok, pode até ser. Mas a FIA é que deveria chamar a Toyota, pedir aos engenheiros todos os dados sobre o projeto da suspensão e passar-lhes um pito. Como pode uma suspensão se desintegrar daquela forma?;
 
Glock, aliás, está bem, obrigado. Deve testar nesta semana em Jerez;
 
Domenicali disse que a Ferrari agora vai "estudar o que aconteceu na Alemanha" e buscar uma reação. Essa declaração do italiano, às segundas-feiras, já está virando rotina. Hamilton e a McLaren agradecem.

Escrito por Fábio Seixas às 11h11

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Fanfarrões

As F1 Girls foram rapidinhas neste domingo...
 

Escrito por Fábio Seixas às 23h54

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Duelo sensacional, e deu Rossi

Não vi a vitória do Briscoe em Mid-Ohio (por isso fiquem à vontade para comentar), mas assisti à sensacional disputa Stoner x Rossi em Laguna Seca.
 
Os dois correram com facas no dentes, duelaram, trocaram três vezes de posições. Até que o australiano errou numa freada, foi pra brita, caiu e deu adeus às chances de retomar a ponta.
 
Com o resultado, Rossi interrompe a série de vitórias do atual campeão e vai para 212 pontos no campeonato. Stoner assumiu a vice-liderança com 187, 16 a mais que Pedrosa.
 
Se você não viu, procure ver. Foi sensacional, épico.

Escrito por Fábio Seixas às 19h00

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Hamilton, mas o dia foi de Nelsinho

Em Hockenheim, uma bela vitória de Hamilton.
 
Que parecia perdida após uma escorregada estratégica da McLaren, no momento do segundo pit stop, mas que o inglês recuperou com muita agressividade, com muito braço, com um carro perfeito.
 
Mas a grande notícia chegou logo atrás. Nelsinho foi segundo e quase venceu! Isso mesmo, Nelsinho foi o segundo colocado no GP da Alemanha.
 
Quem diria? Eu, não. Nem ele, aposto.
 
Um misto de estratégia com sorte, muita sorte. E de competência, também. Porque o brasileiro se manteve concentrado, pilotando redondinho, a partir do momento em que viu a liderança da prova nas mãos. Muitos já se enervaram nessa condição.
 
O novato, apesar de toda a pressão, não. E só perdeu a posição para Hamilton porque não tinha carro para se defender.
 
Enfim, este 20 de julho viu, 17 anos após a última vitória do pai, em Montréal, o filho liderando um GP pela primeira vez.
 
E entrou pra história, porque foram dois brasileiros no pódio, o que não acontecia também havia 17 anos, no GP da Bélgica de 1991 _vitória de Senna, com Piquet em terceiro.
 
Massa foi terceiro, com um carro que perdeu muito rendimento no final. Pneus? Tudo indica que sim.
 
A corrida estava chata até Glock bater. Então todo mundo correu pros boxes. Menos Nelsinho, que havia parado segundos antes, e Hamilton e Heidfeld _aí o erro estratégico de McLaren e BMW.
 
Para Heidfeld, foi o adeus às chances de pódio. Para Hamilton, não.
 
No campeonato, Hamilton tem agora 58 pontos, 4 a mais que Massa, 7 a mais que Raikkonen que, apagado durante todo o fim de semana, foi só o sexto colocado.
 
E eu queria ter visto o sorriso de Nelsinho dentro do carro no momento em que a equipe comunicou a posição de Alonso, que acordou dizendo que o brasileiro precisava começar a colaborar com a equipe. O espanhol foi o 11º.

Escrito por Fábio Seixas às 10h41

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O último palpite

Faltando pouco mais de meia hora pra largada, é a hora do palpite.

Dá Hamilton, fácil, com Massa em segundo e Kubica em terceiro.
 
Boa corrida a todos, deixem seus palpites aqui, até mais.

Escrito por Fábio Seixas às 08h30

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nina Horta Fábio Seixas, 37, é jornalista com mestrado em Administração Esportiva pela London Metropolitan University, da Inglaterra, e Coordenador de Produção da Sucursal da Folha no Rio. É colunista de automobilismo da Folha e do UOL.


RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reproduçãoo do conteúdo desta Página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.