Fábio Seixas

Automobilismo e pitacos sobre tudo o mais

 

Hamilton, uma pole para pensar

Hamilton conquistou em Spa uma pole que fará a F-1 especular por horas. Mais especificamente, até o momento de seu primeiro pit stop.
 
Porque ele voou na pista. Voou mais do que o normal. Tudo indica, jogando com combustível.
 
Conquistou, assim, sua 11ª pole na carreira, a quinta neste ano. E terá ao lado justamente o piloto que mais de perto o persegue no campeonato, Massa.
 
O GP da Bélgica, como sempre, promete.
 
O treino aconteceu com pista seca, deixando de lado tudo o que as equipes experimentaram em duas das três sessões livres _por enquanto, claro, porque pode chover no domingo.
 
No Q3, caíram Barrichello, Button, Sutil, Nakajima e Fisichella.
 
Há coisas que não mudam.
 
Passo 40 dias longe da F-1 e, quando volto, a Honda continua nessa draga danada. Repito o que escrevi ontem: se Alonso for pra lá, é porque gosta mais de dinheiro do que de velocidade, equilíbrio e desempenho.
 
O mais rápido, Bourdais, com 1min46s777. Kovalainen foi o segundo, seguido por Massa, Hamilton, Raikkonen e Nelsinho.
 
No Q2, poucas emoções. E domínio da McLaren.
 
Hamilton e Kovalainen monopolizaram a disputa pelo primeiro tempo, com o finlandês terminando na frente: 1min46s037, o melhor tempo do fim de semana. O inglês ficou perto, a 0s051.
 
Raikkonen, Heidfeld, Massa, Alonso, Kubica, Bourdais, Vettel e Webber completaram a turma da superpole.
 
Foram degolados Trulli, Nelsinho, Glock, Coulthard e Rosberg. Fiquei surpreso por Nelsinho e Coulthard.
 
O primeiro, porque havia ido muito bem no Q1. O segundo, errr, bom, não sei porque ainda me surpreende.
 
No Q3, de novo, duelo interno na McLaren. E desta vez, Hamilton levou a melhor, com 1min47s338.
 
O segundo posto estava separado para Kovalainen, mas ele deu uma escorregada no fim e fechou em terceiro.
 
Massa agradeceu e cruzou em segundo, mas distante de Hamilton, a 0s340.
 
Raikkonen sai apenas em quarto. E só uma corrida de mestre pode recolocar o finlandês na luta pelo título.
 
0s340... A diferença da McLaren para a Ferrari é essa? Não, claro que não, sabemos que não. 
 
Em que pese o desconforto dos carros italianos com a borracha levada pela Bridgestone para a Bélgica, a distância não é tão abismal. A saída então só pode ser o combustível.
 
Se Hamilton tivesse Kovalainen para servir de escudo, tudo estaria mais tranqüilo para o inglês. Mas não será o caso, pelo menos nos primeiros metros.
 
Kova deve estar levando um puxão de orelha daqueles...

Escrito por Fábio Seixas às 10h20

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Spa, 3º treino livre

O 3º treino livre em Spa começou com chuva, com algumas coisas estranhas nas primeiras posições, com a Ferrari trancada nos boxes.
 
Mas a pista foi secando, secando, secando. E tudo foi voltando ao normal. À exceção da Ferrari, que só saiu dos boxes nos minutos finais.
 
Assim, Massa terminou só em quinto, com Raikkonen em sétimo. E foi curioso ver como isso aconteceu.
 
O finlandês logo de cara conseguiu o segundo tempo. O brasileiro, não. Ficou lá atrás, no bolo. Mas pouco a pouco Raikkonen foi caindo e Massa, subindo.
 
Deu no que deu. Um resumo do que vem sendo o campeonato, um retrato dos atuais momentos de ambos.
 
Se nem na "sua" Spa Raikkonen consegue reagir... Bom, ainda prefiro esperar até amanhã.
 
Em primeiro, Heidfeld, com 1min47s876, ainda a 0s6 do melhor tempo do fim de semana, de Massa, no primeiro treino livre _o único todo com pista seca.
 
Kovalainen foi o segundo, seguido por Alonso e Hamilton. Nelsinho foi o nono e Barrichello, o penúltimo. Porque o último, Button, completou apenas uma volta _se Alonso for pra lá é porque gosta MUITO de dinheiro.
 
Às 9h tem treino oficial. Até lá.

Escrito por Fábio Seixas às 07h11

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Cadê Piquet?

No começo do ano, anunciaram a volta de Piquet às pistas, na GT3, dividindo um Ford GT com Eduardo Souza Ramos.
 
As corridas foram acontecendo, e nada de o tricampeão estrear. A justificativa, atraso na entrega do carro _deve ser mais fácil encomendar um ônibus espacial.
 
Daí que agora, finalmente, o carro chegou e vai estrear neste fim de semana na pseudo-Jacarepaguá. 
 
Mas sem Piquet, que segundo o comunicado oficial da categoria, "em virtude de compromissos profissionais não pôde confirmar presença".
 
Tem coisa estranha aí.

Escrito por Fábio Seixas às 19h18

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Bastidores

Na outra ponta da linha, um amigo bem informado sobre as coisas da Honda. Muito bem informado.
 
Que me conta que a equipe realmente fez uma proposta para Alonso, e que está esperando apenas a resposta do espanhol.
 
Proposta por apenas uma temporada, 2009 _e não 2010, como escrevi antes, alertei que estou em primeira marcha.
 
A cúpula da Honda, porém, não revela quem seria dispensado.
 
Sobre Bruno, que a equipe cogitou para testes, nada de novo.

Escrito por Fábio Seixas às 11h25

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Spa, 2º treino livre

E com pista úmida, deu Alonso.
 
Mas é complicado tentar tirar conclusões deste segundo treino. A não ser aquela óbvia e batida: com asfalto molhado em Spa, tudo pode acontecer. Até Alonso na frente.
 
O tempo do espanhol, 1min48s454, foi 1s2 mais lento que o de Massa pela manhã.
 
Mas quem garante como será o resto do fim de semana? Alguém é capaz de falar algo sobre o clima na floresta das Ardênias? Não, ninguém.
 
Massa de qualquer forma terminou ali, à frente do companheiro. Neste momento delicado do campeonato para ambos, qualquer vitória em treino merece ser comemorada.
 
Ah, sim: Barrichello foi o 18º, seguido de Nelsinho.

Escrito por Fábio Seixas às 11h15

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Spa, 1º treino livre

No primeiro treino, só deu Ferrari.
 
A seqüência de conquista primeiro tempo, Massa-Massa-Massa-Raikkonen-Massa-Massa-Massa.
 
A marca do brasileiro, 1min47s284, ainda é distante da pole do ano passado, 1min45s994. Mas a escuderia italiana impressionou. Muito. Os testes em Monza, na semana passada, não visavam apenas Monza, isso está claro.
 
Hamilton ficou a 0s594 do brasileiro. Nelsinho foi o décimo. Barrichello, o último.

A conclusão deste primeiro treino é óbvia, a Ferrari está forte. Mas sobre a disputa interna não é possível dizer nada. E talvez não seja até a largada.
 
Às 9h tem mais.

Escrito por Fábio Seixas às 07h21

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Fora de foco

Cada um faz o que quer com seu dinheiro. Cada um tem suas prioridades, seus caprichos, suas necessidades, seus luxos. Mas há horas e horas para gastar.

 

O campeonato está escorrendo pelos dedos, e Kimi acaba de pagar € 10 milhões no brinquedinho abaixo.

 

 

 

 

 

Assim fica difícil se concentrar...

 

Trata-se do Sunseeker Predator 108, iate de 33 metros, com quatro suítes e banheira de hidromassagem no deck. O anterior, 11 metros menor, teria ficado avariado num choque contra rochedos, segundo a imprensa espanhola.

 

Será que ele estava no comando?

Escrito por Fábio Seixas às 11h04

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Programe-se

Não sei ainda se terei condições técnicas de assistir aos primeiros treinos em Spa. Mas manda a tradição que eu publique aqui a programação do GP, no horário de Brasília. Lá vai, portanto:

 

Sexta-feira
5h-6h30, 1º treino livre
9h-10h30, 2º treino livre

Sábado
6h-7h, 3º treino livre
9h, treino oficial

Domingo
9h, GP da Bélgica, 44 voltas

Escrito por Fábio Seixas às 10h42

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Bahia, Pequim, Faenza

Ainda longe da redação. Em algum lugar da Bahia. Mas o descanso tem hora pra acabar, sempre tem. Então decidi por um retorno progressivo à correria, para evitar um choque muito grande. Primeiro, o blog. Até porque já tem treino amanhã.

 

Por partes, portanto.

 

De Olimpíada, descobri que tenho muito da chamada “sobra de material”. Fotos que não coloquei no blog durante os Jogos por absoluta falta de tempo. Na semana que vem, começo a desovar alguma coisa aqui. Em tempo: ficou feio para Cielo o recuo nas suas bem colocadas críticas à CBDA. É frustrante ver alguém errar depois de estar tão perto de acertar o alvo.

 

Do que vi da F-1 nos últimos dias, o que mais me chamou a atenção foi a movimentação na Toro Rosso. Não por Buemi ou Sato. Mas pela mudança de status de Bruno. De quase candidato-natural à vaga do time de padrinho Gerhard, o brasileiro parece agora estar de escanteio.

 

Tem coisa melhor na manga? É uma possibilidade, até por conta daquela sondagem para ser piloto de testes da Honda meses atrás. O desempenho na GP2 não está ajudando? É uma possibilidade maior ainda. Duas vitórias em 16 etapas é pouco para seduzir o andar de cima. Di Grassi, que só estreou em Magny-Cours, daqui a pouco supera o primeiro-sobrinho na tabela...

 

Prometo voltar daqui a pouco. Mas tenham paciência, estou em primeira marcha.

Escrito por Fábio Seixas às 10h36

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nina Horta Fábio Seixas, 37, é jornalista com mestrado em Administração Esportiva pela London Metropolitan University, da Inglaterra, e Coordenador de Produção da Sucursal da Folha no Rio. É colunista de automobilismo da Folha e do UOL.


RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reproduçãoo do conteúdo desta Página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.