Fábio Seixas

Automobilismo e pitacos sobre tudo o mais

 

Sábado, nuvens, gripe, bacalhau

Sábado, nuvens, gripe, bacalhau

"Se Hamilton não chegou à F-1 por ser negro e não ganhou o título por ser negro, por que associar à cor negra de sua pele as críticas que lhe são feitas? Nos últimos dias, foi assim. Hamilton foi vaiado em Interlagos? Racismo. Um site espanhol torce contra ele? Racismo. Besteira. Ele foi vaiado e é alvo de torcida contra por ser bom."
 
Este, um trecho da coluna desta semana, uma continuação da reflexão aberta neste blog na quinta-feira.
 
O texto está aqui, para assinantes da Folha e do UOL. 

Escrito por Fábio Seixas às 12h41

Comentários () | Enviar por e-mail | Colunas na Folha | PermalinkPermalink #

A versão oficial

Um monte de gente indicou o vídeo oficial da F-1 sobre o GP Brasil.

É só vir aqui, clicar em "I Agree" e depois, claro, em "Brazil".
 
O momento mais dramático é quando o mecânico avisa os Massa que o filho deles não era o campeão. Para, em seguida, quebrar um vidro com a cabeça...

Escrito por Fábio Seixas às 18h39

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O país da F-1

Rua Monza? Rua Jordan? Rua Senninha? Rua Benetton? Rua Copersucar?
 
O Jorge Pezzolo fez esses achados num pedaço de Santo André, o Jardim Alzira Franco...
 
 
É, somos mesmo o país da F-1.

Escrito por Fábio Seixas às 17h12

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Visão

A grande notícia da semana foi revelada ontem pelo Grande Prêmio.

Massa vai investir no automobilismo brasileiro, lançando duas categorias por aqui. Uma de monopostos, a F-Fiat. E outra de Turismo, como modelos Linea.
 
O ferrarista, conta Bruno Vicaria, já encomendou 40 chassis de monopostos.
 
O plano existe, portanto. E deve sair do papel.
 
E, assim, Massa terá feito, do alto de seus 27 anos, mais pelo automobilismo brasileiro do que todos os outros pilotos do país que passaram pela F-1. Juntos.

Escrito por Fábio Seixas às 16h40

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Bilheteria aberta

Atenção, moçada de Floripa: já estão à venda os ingressos para o Desafio das Estrelas, a prova de kart de Felipe Massa, nos dias 29 e 30.
 
A arquibancada custa R$ 30, e as entradas podem ser encontradas nos postos credenciados Shell, na JK Pneus, na loja Guga Kuerten, na Geração Motos Yamaha, na Top Line Agência de Turismo ou pelos sites www.ingressofacil.com.br e www.desafiodasestrelas.com.br

Escrito por Fábio Seixas às 14h43

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A "grande história" que não houve

Algo que incomodou nos últimos dias foi a tentativa da imprensa britânica de forçar uma situação que simplesmente não aconteceu: racismo contra Hamilton no Brasil.
 
Sim, a gente sabe que está cheio de idiota solto por aí e que, sim, algum deles poderia ter gritado ou levado uma faixa ou feito uma manifestação racista qualquer em Interlagos. Mas não aconteceu.
 
Se tivesse acontecido, seria uma "grande história" para a imprensa mundial. O problema é que, em busca dessa "grande história", os jornais britânicos começaram a forçar a barra, passaram a buscar pêlo em ovo.
 
Por exemplo, na brincadeira do "Pânico", que jogou um gato preto para Hamilton durante um evento na quinta-feira. Racismo? Façam-me o favor. Podemos até questionar se o chiste foi divertido ou não, mas todos sabemos o que significa um gato preto na cultura popular e todos sabemos que não há um pingo de racismo nisso.
 
Outro exemplo, no tal site espanhol que tinha uma espécie de joguinho para os internautas "furarem" os pneus de Hamilton. Aquele site já existia no ano passado, e na ocasião ninguém ligou isso a racismo _apenas, como é de fato, à intensa rivalidade entre inglês e espanhol. Desta vez, os jornais britânicos deitaram e rolaram na história, como se fosse nova, como se fosse racista.
 
Quer mais um exemplo? Vários e vários jornais requentaram comentários de Anthony Hamilton após as manifestações racistas em Barcelona, em fevereiro. Naquela ocasião, o pai do piloto fez um desabafo, dizendo que já havia pensado em largar o ambiente da F-1. O que aconteceu? As declarações foram estampadas nos jornais agora, nove meses depois, completamente fora do contexto, como se fossem novas, como se tivessem algo a ver com outro algo que simplesmente não aconteceu em São Paulo.
 
Na quinta ou na sexta, um colega italiano veio me perguntar sobre os "ataques racistas" de que Hamilton havia sido vítima em sua estada no Brasil. "Não houve absolutamente nada", eu respondi. E ele saiu, sem esta "grande história" para escrever.
 
Pelo menos, este buscou outra coisa para colocar no jornal. Houve muitos que preferiram enganar os leitores e pintar um quadro que não houve.  

Escrito por Fábio Seixas às 09h49

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Made in USA

"Vim fazer suporte pra ele", disse uma brasileira, no "JN", ao lado do marido/namorado americano, no discurso de McCain.
 
"Fazer suporte". Que coisa...
 
Acho que é melhor eu não tecer nenhum comentário.

Escrito por Fábio Seixas às 20h39

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Tira, põe, deixa ficar...

Mudou o calendário de 2009.
 
O GP da China saiu de outubro para abril. O GP do Japão foi antecipado em uma semana e, na data prevista para Xangai, entrou Interlagos. Continuando o dominó, Abu Dhabi entrou no dia 1º de novembro.

Em suma, esmagaram um pouco mais lá na frente e anteciparam tudo lá no fim.
 
Recorte e guarde (pelo menos até anunciarem o Canadá no dia 12 de julho, antecipando a Alemanha para 28 de junho):
 
29.mar, Austrália
5.abr, Malásia
19.abr, China
26.abr, Bahrein
10.mai, Espanha
24.mai, Mônaco
7.jun, Turquia
21.jun, Inglaterra
12.jul, Alemanha
26.jul, Hungria
23.ago, Europa (Valência)
30.ago, Bélgica
13.set, Itália
27.set, Cingapura
4.out, Japão
18.out, Brasil
1º.nov, Abu Dhabi

Escrito por Fábio Seixas às 14h29

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O país da F-1

O Valdinei Silva leu este post, clicou e contribuiu para a seção.
 
A oficina fica no Tatuapé, em São Paulo.
 
 
Ao Valdinei, um obrigado e um abraço.

Escrito por Fábio Seixas às 13h15

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Alonso e Nelsinho, ano 2

A Renault confirmou Alonso e Nelsinho para a próxima temporada.
 
O comunicado é aquela coisa de sempre, "the ING Renault F1 Team is pleased to announce" etc, etc, etc...
 
Segundo Briatore, espanhol e brasilerio formam "uma das mais excitantes duplas da F-1, com uma mistura perfeita de juventude e experiência".
 
Detalhe: o contrato de Alonso foi renovado por duas temporadas, até o fim de 2010. Nelsinho assinou uma prorrogação padrão, por apenas mais um ano.
 
Era esperado. Para a Renault, ter Alonso até 2010 significa poder voltar a sonhar com títulos _já em 2009, afinal há uma pré-temporada trabalhosa pela frente. Para Nelsinho, que melhorou na segunda metade da temporada, é uma segunda chance.
 
Restam, agora, três lugares para fechar o grid, dois na Toro Rosso e um na Honda. E tenho a impressão que as decisões acontecerão em breve.

Escrito por Fábio Seixas às 13h05

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Par ou ímpar

Participei hoje da gravação do "Linha de Chegada", que vai ao ar daqui a pouco, às 21h30, no Sportv 2.
 
A atração é Felipe Massa. Que concedeu uma entrevista descontraída e com algumas declarações muito boas.
 
Disse, por exemplo, que vai começar 2009 numa posição mais confortável do que a de 2008: "Foi difícil o começo deste ano, com o companheiro de equipe campeão. Agora, após uma temporada assim, vai ajudar muito".
 
Falou sobre a expectativa nos instantes seguintes à bandeirada. "Pelo rádio, estava esperando uma boa notícia, uma notícia histórica".
 
Descartou qualquer teoria conspiratória Glock-Hamilton e, bem-humorado, afirmou que aquele era o dia do inglês.
 
"Eu perderia até no par ou ímpar", lançou.

Escrito por Fábio Seixas às 19h40

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pit Stop # 77

Pit Stop # 77

Segue o Pit Stop desta semana, com imagens bacanas de Interlagos e um bate-papo interessante com os internautas.
 
Lá vai...
 

Escrito por Fábio Seixas às 17h40

Comentários () | Enviar por e-mail | Pit Stop em vídeo | PermalinkPermalink #

Pit Stop da decisão

Amanhã o dia vai ser bem agitado, acho que só vou aparecer por aqui no fim da tarde.

Então fica o aviso: tem Pit Stop, a partir das 15h, com belas imagens e com bate-papo sobre o GP Brasil.
 
As instruções sobre como participar estão aqui. Para assistir ao vivo, é só clicar aqui.

Escrito por Fábio Seixas às 20h17

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A foto

A foto

A poucos metros de distância, sentimentos tão díspares. Uma festa com gosto amargo, outra com sabor dos mais doces...
 
 
O clique é de Maurício Lima, da France Presse.

Escrito por Fábio Seixas às 15h02

Comentários () | Enviar por e-mail | A foto | PermalinkPermalink #

A ordem que não veio

O Marcelo Kern mandou e-mail na mesma linha de alguns comentários nos posts anteriores: "Se o Raikonnen tivesse 'tirado o pé' e ficado mais próximo do grupo Glock/Vettel/Hamilton, ele não poderia ter de certa forma ajudado a impedir a ultrapassagem do Hamilton sobre o Glock?"

Sim, poderia. Aliás, ele poderia ter tirado o pé até ficar em quinto e então servir de escudo contra Hamilton.
 
Isso passou pela cabeça da Ferrari? Não sei, foi tudo muito rápido.
 
O fato é que não aconteceu. Ainda bem.

Escrito por Fábio Seixas às 14h52

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pílulas do dia seguinte

Você já se arrependeu de não ter uma máquina fotográfica no bolso, ou mesmo um celular com câmera, numa ocasião importante? É o que estou sentindo hoje. Instantes após o GP, eu estava ao vivo pela rádio, carregado de equipamentos, e não faria mesmo sentido ter uma câmera ali. Mas repito e repetirei por todo o sempre: com esses olhos que a terra há de comer, vi os pneus do Glock e estou certo de que não havia a menor condição de ele continuar num ritmo forte naquela pista molhada;
 
Massa foi inteligente nas suas entrevistas pós-corrida. Parabenizou Hamilton, disse que o esporte é assim mesmo, que é importante saber ganhar e perder. Seria fácil desviar para um discurso de tristeza, de melancolia, de revolta. Ele não fez nada disso;
 
Falar em "se isso tivesse acontecido..." é muito fácil. Se Massa não tivesse errado no começo da temporada, seria o campeão. Mas também se Hamilton não tivesse errado no ano passado, seria bi. Enfim, "se" não faz muito sentido. O que acho é que Hamilton aprendeu com os erros de 2007. Assim como Massa já mostrou, neste fim de 2008, ter aprendido com os problemas do início de temporada;
 
Kovalainen disse que quer o título no ano que vem. Na Force India, vai ser difícil. Ah, sim: antes mesmo de Hamilton chegar aos boxes da McLaren, Sutil já estava lá, na fila dos cumprimentos;
 
A Honda anunciou hoje o que todo mundo já sabe há tempos: que Bruno Senna testará em Barcelona daqui a duas semanas. Di Grassi também deve testar pela equipe;
 
Me avisa o amigo Mauro Tagliaferri, com razão: todo mundo esqueceu que Barrichello também foi vice-campeão da F-1.

Escrito por Fábio Seixas às 14h44

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Velório, não

Aos repórteres brasileiros, Massa disse que não há motivo para clima de velório.
 
Não, não há mesmo. Ele venceu a prova, enfim.
 
Mas é difícil dimensionar o que Interlagos viveu hoje. De certa forma, lembrou o abandono de Barrichello em 2000, na sua primeira corrida pela Ferrari em casa. Mas só lembrou. Porque a frustração foi muito maior. O que estava em jogo, afinal, era um campeonato mundial.
 
A íntegra do desabafo do ferrarista está no Tazio.

Escrito por Fábio Seixas às 21h15

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Começou...

Como eu escrevi no post anterior, vi os pneus de Glock e posso atestar que ele não tinha a menor condição de continuar com aquela borracha gasta no asfalto molhado.
 
Aliás, o melhor termo de comparação é Trulli, piloto da mesma equipe e que tinha os mesmos pneus de seco. Na última volta, Glock virou 1min44s731. O italiano, 1min44s800.
 
Mas é claro que as piadinhas e as teorias conspiratórias vão surgir. Já estão surgindo.
 
Quer ver?
 
 
Sim, mais uma das F1 Girls.

Escrito por Fábio Seixas às 21h01

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Que decisão, que esporte!

Acabo de voltar lá de baixo.
 
Nos instantes finais da prova, estava sem o som da rádio, nos boxes, esperando para invadir o pitlane. Quando entrei ali, Massa era campeão. E foi lá de dentro que vi os mecânicos da McLaren explodirem em emoção, vibrando, abraçados.
 
Inacreditável. Assim é o automobilismo. No futebol, se um time faz 3 a 0, pode relaxar nos instantes finais. No automobilismo, um problema nos últimos metros pode mudar o resultado de uma corrida, de um campeonato.
 
Foi o que aconteceu hoje, por duas vezes. 
 
Massa dominou a corrida, com Hamilton fazendo o que precisava para ser campeão. A duas voltas do fim, Vettel passou o inglês, e o título foi para as mãos do brasileiros. Na última volta, na Junção, Glock quase parou e foi superado por Hamilton. E o título foi para as mãos do inglês, onde acabou.
 
Falei com Glock e fui ver o estado dos pneus dele. "Fizemos uma aposta, mas a chuva apertou muito". Ele estava com pneus para seco. Que estavam no bagaço, principalmente os do lado direito. Na lona. Não dava para ele, não havia condições. Coisas do automobilismo, um Mundial de F-1 decidido na última curva.
 
"Deus sabe o que faz, a gente tem que acreditar nisso", disse Massa. "Parabéns ao Lewis".
 
Sim, parabéns. Foi merecido.

Escrito por Fábio Seixas às 17h17

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O último palpite

Vai dar Massa, com Raikkonen em segundo e Alonso em terceiro.
 
Hamilton será o quarto e levará o campeonato.
 
E você, o que acha?

Escrito por Fábio Seixas às 14h57

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Duas pílulas

A Renault vai anunciar sua dupla de pilotos na quinta-feira, essa é a mais quentinha do paddock.
 
Paddock que já tem água. E este mapa aqui, do Inpe, não deixa muita dúvida sobre como será a tarde em São Paulo...

Escrito por Fábio Seixas às 12h36

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Blablablá

Briatore, Nelsinho e Nelsão dividiam uma mesa no paddock, instantes atrás.
 
Conversaram muito, na frente de todo mundo.
 
Nelsinho saiu meio contrariado. Nelsão foi atrás. Briatore caminhou pro outro lado.

Escrito por Fábio Seixas às 11h16

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A palavra do tetra

O assunto era pressão em Interlagos.
 
E quem melhor do que Alain Prost pra falar neste assunto?
 
Graças à ajuda de colegas franceses, consegui falar com o Professor ontem, pouco antes do treino oficial. A entrevista está hoje, na Folha.
 
Prost não quis cravar o palpite para o título, mas disse que "se o carro de Lewis apresentar algum probleminha, aí acho que as coisas podem se complicar"...
 
Segue um trechinho:
 
FOLHA - Vinte anos depois, como você vê aquela rivalidade tão intensa com o Senna?
PROST
- Quando você olha para as coisas 20 anos depois, normalmente você diz: "Se eu soubesse das coisas como sei hoje, faria diferente". De certa forma, o que aconteceu foi uma pena, porque as pessoas lembram apenas daquela rivalidade, das nossas agressões. Todos lembram disso e às vezes se esquecem dos lindos duelos que tivemos. Duros, sempre, mas vários deles muito limpos. Para mim, era difícil, porque as pessoas sempre tendem a torcer e a apoiar o novato, o piloto mais jovem, a novidade. Eu era o mais velho naquela disputa. Eu já era campeão mundial. E acho que isso pesou nas opiniões que as pessoas tinham sobre mim.

Escrito por Fábio Seixas às 10h17

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Bom dia, Interlagos

"Come Back, Jean Todt", diz uma faixa colocada por um torcedor aqui diante da sala de imprensa. É, acho que a opinião não é só minha.
 
"Bate nele, Rubinho", dizem outras tantas faixas a caminho do autódromo e nas arquibancadas. Não vai acontecer, todos sabemos. Mas, vai lá, a brincadeira tem sua graça.
 
Por aqui, 23ºC no ar, 27ºC no asfalto. Já caíram algumas gotinhas por aqui, mas agora parece que o sol vai abrir...
 
Bom dia, Interlagos!

Escrito por Fábio Seixas às 10h03

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nina Horta Fábio Seixas, 37, é jornalista com mestrado em Administração Esportiva pela London Metropolitan University, da Inglaterra, e Coordenador de Produção da Sucursal da Folha no Rio. É colunista de automobilismo da Folha e do UOL.


RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reproduçãoo do conteúdo desta Página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.