Fábio Seixas

Automobilismo e pitacos sobre tudo o mais

 

Na balança

Vi o treino, mas não tive como parar e blogar. Até agora.
 
De certa forma, foi bom: faço o comentário já com a lista do peso de cada um. E que confirma as desconfianças que todos tivemos quando desligamos as TVs.
 
As Red Bulls já vinham andando bem, mas não era para tudo isso. E o difusor de Alonso não é milagroso. A tabela abaixo entrega o jogo. 
 
Fernando Alonso (ESP/Renault), 637 kg
Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), 644
Mark Webber (AUS/Red Bull), 646,5
Adrian Sutil (ALE/Force India), 648
Nico Rosberg (ALE/Williams), 650,5
Timo Glock (ALE/Toyota), 652
Jenson Button (ING/Brawn), 659
Robert Kubica (POL/BMW), 659
Rubens Barrichello (BRA/Brawn), 661
Jarno Trulli (ITA/Toyota), 664
Sébastien Buemi (SUI/Toro Rosso), 673
Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 673,5
Lewis Hamilton (ING/McLaren), 679
Nick Heidfeld (ALE/BMW), 679
Giancarlo Fisichella (ITA/Force India), 679,5
Kazuki Nakajima (JAP/Williams), 682,7
Felipe Massa (BRA/Ferrari), 690
Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso), 690
Heikki Kovalainen (FIN/McLaren), 697
Nelsinho Piquet (BRA/Renault), 697,9
 
Mais: Barrichello foi bem, muito bem. Com dois quilos a mais que Button, ficou à frente do companheiro. O brasileiro terá na próxima madrugada a maior chance de vitória desde que deixou a Ferrari, no fim de 2005.
 
Quando der, volto por aqui.

Escrito por Fábio Seixas às 18h33

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Que seja feliz

Castro Neves, sua irmã e seu advogado foram inocentados.

"Só quero agradecer a Deus, a meus fãs e a todos aqueles que rezaram por mim", disse o piloto, que já deve correr em Long Beach no fim de semana.

Fim de novela, portanto, com um final pra lá de feliz _e surpreendente, todos temos de admitir.

E nada melhor do que celebrar numa pista de corrida.

Se Helinho não cometeu nenhum crime, como a Justiça americana definiu após investigação minuciosa e julgamento detalhista, que volte a fazer o que mais ama, correr.

E que seja feliz. 

Escrito por Fábio Seixas às 16h48

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Até mais

Seguinte, moçada: um compromisso profissional vai me tirar de São Paulo daqui a uma hora. Só volto na segunda-feira e não sei como (ou se) vou fazer para acompanhar a F-1.

 

Se houver TV, internet e quetais, eu entro aqui pra pitacar. Do contrário, peço que entendam a excepcionalidade da situação _a vida não é feita só de F-1, há outras coisas bacanas e interessantes para desvendar, apurar e contar por aí.

 

Usem e abusem do espaço dos comentários. Sempre que puder, vou ler e liberar.

 

Até mais.

Escrito por Fábio Seixas às 08h18

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Xangai, 2º treino livre

Tudo voltou ao normal no segundo treino em Xangai.

 

A turma do difusor na frente, com a Red Bull e seu carro de aerodinâmica tão refinada se intrometendo nas primeiras posições. A McLaren, que certamente mostra evoluções nesta terceira etapa, veio na sequência _Kovalainen foi o nono, quatro posições à frente de Hamilton.

 

Melhor tempo para o melhor do campeonato: Button, 1min35s679. Rosberg, no finalzinho, conquistou o segundo tempo, a 0s025, tirando o posto de Barrichello, relegado a terceiro, a 0s202 do companheiro.

 

Com asfalto já mais limpo, a sessão foi mais movimentada, com carros indo à pista logo no começo. Aos 55 minutos, Barrichello marcou seu tempo. Faltando 8 minutos para o fim, Button cravou a marca do dia.

 

A Ferrari? Ninguém sabe, ninguém viu. Parece que Massa foi o 12º, e Kimi, o 14º.

 

A Renault? Não usou o difusor ainda, ficou para a próxima madrugada. Mas minha curiosidade foi saciada: o componente irá para o carro de Alonso. Nelsinho, mais uma vez com a companhia paterna no circuito, ficou em 16º, três postos à frente do companheiro.

 

Os pneus? Segundo Raikkonen, os supermacios estão durando mais do que na Austrália, não vai ser aquele pesadelo todo.

 

A conclusão do primeiro dia? A McLaren melhorou, mas ainda está longe do trio. A Brawn continua a grande favorita.

Escrito por Fábio Seixas às 08h09

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Xangai, 1º treino livre

A notícia do primeiro treino livre em Xangai foi a McLaren.

 

Que apareceu com um difusor aparentemente bem parecido com o da Toyota _ainda não tão radical quanto o da Brawn. E que conquistou o primeiro tempo, com Hamilton.

 

Quer dizer que a McLaren já superou o trio do difusor? Não, claro que não. Mas que dizer que, entre os “sete times e um destino”, o de Woking é o que parece já estar encontrando o seu.

 

Treino monótono, com as já tradicionais imundices do asfalto e arquibancadas às moscas de início dos trabalhos em Xangai. O primeiro piloto a fechar volta foi Buemi, com 21 minutos de sessão! Ê, beleza...

 

Com uma hora, enfim, as coisas começaram a ficar sérias.

 

Button cravou o primeiro tempo, 1min37s450, com Barrichello em segundo, a 0s143, para depois melhorar e ficar a 0s116. Em seguida, porém, Hamilton cravou todo mundo, com 1min37s334, marca que persistiu até o fim do treino.

 

A Ferrari? Uma tristeza. Massa escapou algumas vezes, reclamou muito do acerto, trocou bico, tentou o possível. Terminou em 15º. Raikkonen foi o 11º.

 

A Renault? Outra tristeza. Nelsinho, quando aparecia na tela, estava na grama. Terminou em 20º e último, a 1s491 de Hamilton. Alonso fechou em nono.

 

Merece um parágrafo, ainda, ainda a Toyota. Trulli foi o sexto e Glock ficou em oitavo. Mas o italiano nitidamente foi atrapalhado por Rosberg quando vinha numa volta bem rápida e parece ter gás para gastar.

 

Daqui a pouco tem mais.

Escrito por Fábio Seixas às 00h37

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

E em Miami...

A Corte Federal de Miami já chegou a um consenso sobre duas das sete acusações contra Castro Neves.
 
Também já definiu o veredicto de uma das sete acusações contra sua irmã, Katiucia.
 
Por fim, já resolveu as quatro acusações contra Miller, advogado do piloto.
 
Os veredictos só serão anunciados quando houver consenso sobre tudo.
 
O juiz pediu pressa.

Escrito por Fábio Seixas às 15h31

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Vozes de Xangai, quinta-feira

Massa: "Se demorar muito e a Brawn não fizer nenhuma besteira, o campeonato poderá ter acabado. Se eles fizerem alguma besteira e as outras melhorarem rapidamente, pode ser que ainda haja uma chance. Prefiro ainda pensar na segunda hipótese e tentar trabalhar até o fim. Não será fácil, mas não deixarei a peteca cair."

Apesar da conclusão, o tom parece pessimista.

Barrichello: "Agora, as pessoas vão falar mal, dizer que o ano acabou, jogar a toalha... Eles não conseguiram fazer um carro bom e falam do difusor. Só que, se tirar o do meu carro e colocar em outro, não vai adiantar. Isso traz benefício, mas não é o segredo."

O discurso parece dos mais otimistas. Com razão.

Nelsinho: "Vamos tentar usar aqui, mas é cedo. A peça nem está aqui, deve chegar à noite, e será usada em um carro só. Quanto mais vamos desenvolvendo, mais o carro vai mudando."

Quem será o escolhido para o teste? Ele ou Alonso? Estou curioso...
 
Para ouvir as entrevistas dos três aos jornalistas brasileiros em Xangai, é só clicar no Tazio.

Escrito por Fábio Seixas às 13h07

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O país da F-1

Direto de Foz do Iguaçu, o Gustavo Krieger mandou essa contribuição para a seção...
 
 
Não bastava o bar chamar Pit Stop. Era preciso ter uma caranga parada ali para justificar!
 
Ao Gustavo, um muito obrigado.

Escrito por Fábio Seixas às 21h57

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Tecla SAP

A foto é de hoje, em Xangai.

O que eles estavam conversando? Ah, isso é com vocês...

Mecânicos da Brawn, em Xangai (Eugene Hoshiko/AP)

Escrito por Fábio Seixas às 19h08

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mais um dia

A defesa de Castro Neves tentou hoje uma manobra para desqualificar o julgamento.
 
Diante de tantos pedidos de esclarecimentos por parte do júri, o advogado do piloto alegou problemas na fase de instruções.
 
O juiz reconheceu que os 12 jurados vêm enfrentando dificuldades com tantos detalhes técnicos-tributários, mas negou o pedido da defesa.
 
Não sou especialista no tema, mas parece-me que, quando a defesa tenta algo assim, é porque já está vendo a vaca perto do brejo...

Escrito por Fábio Seixas às 15h23

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Programe-se

"Todo dia a insônia
Me convence que o céu
Faz tudo ficar infinito"

(Cazuza)
 
Pois é, assim eu abri o "programe-se" do último GP da China, há pouco mais de cinco meses.

Como Cazuza nunca é demais, e como recordar é viver, aí está o poeta de novo.
 
Enfim, lá vem mais um final de semana virando a madrugada. Sorte dos insones.
 
Segue a programação em Xangai, nos horários de Brasília.
 
Quinta-feira
23h-0h30:  1° treino livre
 
Sexta-feira
3h-4h30: 2° treino livre
 
Sábado
0h-1h: 3° treino livre
3h-4h: treino oficial

Domingo
4h: largada, 56 voltas

Escrito por Fábio Seixas às 15h06

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Exageros

Como era de se esperar, as vitoriosas celebram e as derrotadas lamentam.
 
Com exageros dos dois lados.
 
Do lado do trio, aqueles discursos de "sabíamos que daria certo".
 
Não, não sabiam. Na Malásia, o próprio Barrichello revelou o temor de perder todos os pontos no campeonato. Como alguém escreveu nos comentários ao post anterior, a decisão pode ter sido política, mas teve amparo no velho argumento da "interpretação" do regulamento, sempre uma linha tênue entre o certo e o errado.
 
Do lado do quarteto, o chororô do "vamos gastar muita grana agora".
 
É, vão mesmo. Mas é do jogo, e elas sabiam quando entraram nele.

Escrito por Fábio Seixas às 14h15

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Dentro da lei

Os difusores de Brawn, Williams e Toyota são legais, diz a Corte de Apelações da FIA.
 
Apesar de dizer e repetir que sempre há política envolvida nesses julgamentos, vou tentar acreditar que o veredicto foi puramente técnico. Não faltaram, afinal, depoimentos de engenheiros e projetistas e quetais.
 
Segue o campeonato, portanto.
 
Com a Brawn, que tem outros trunfos no carro, sobrando na pista: é, claro, a favoritíssima na China. Com Toyota e Williams andando bem.
 
E com todas as outras sete correndo atrás. Mas, com restrições de testes e limitações do uso de túnel de vento, não vai ser fácil...

Escrito por Fábio Seixas às 08h01

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pit Stop #94

O Pit Stop de hoje falou sobre Ferrari, difusores, Brawn, difusores, Indy, difusores, Stock, difusores. E, claro, sobre difusores.

Lá vai...

Escrito por Fábio Seixas às 22h20

Comentários () | Enviar por e-mail | Pit Stop em vídeo | PermalinkPermalink #

Pit Stop no tapetão

Excepcionalmente, o Pit Stop de hoje será gravado.
 
Assim que o programa estiver no ar, posto no blog. Ou você pode procurar por aqui, a partir do meio da tarde.
 
Para participar com perguntas, sugestões ou palpites sobre a Corte de Apelações, o e-mail é o uolnewsformula1@uol.com.br

Escrito por Fábio Seixas às 09h50

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Dia D

Não é exagero dizer que a Corte de Apelações da FIA decidirá a F-1 em 2009.
 
Se o difusores forem proibidos a partir da China, Brawn, Williams e Toyota podem até continuar andando bem, mas perderão muito terreno para as sete adversárias, a caçada ficará mais tranquila.
 
Se os difusores forem liberados, as sete terão uma chance de alcançar as três, mas não será tão fácil nem tão rápido.
 
Se os difusores forem considerados a sétima praga do apocalipse e Brawn, Williams e Toyota perderem todos os pontos, o Mundial começará em Xangai.
 
É difícil palpitar, porque sempre há política envolvida. Mas acho que a primeira opção é mais provável.
 
O resultado, diz a FIA, só sairá amanhã. Mas, na história da Corte, já houve vazamentos...

Escrito por Fábio Seixas às 09h37

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O país da F-1

O Jeff Reinholds mandou uma linda contribuição para a série...

 
"A cidade é Ponta Grossa, no Paraná. O dono (na foto) é o seu Claiton, fã da equipe inglesa desde os tempos do Emerson, mas que torcia também por Pace. Conversei rapidinho com ele e no momento ele está mais para o Rubinho do que o Massa...", escreveu o Jeff.

Sensacional. Bela foto, belo cenário, bela história.

Quando amassarem meu carro de novo, levarei para o seu Claiton...

Escrito por Fábio Seixas às 20h21

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Próximos capítulos

É, ficou para outro dia.
 
E acho que ficará para outro e outro e outro e outro.
 
Pouco antes das 16h em Miami, os jurados decidiram encerrar o experiente.
 
O caso de Castro Neves é muito cheio de detalhes, números, tecnicismos. A novela ainda vai se arrastar por mais alguns dias...

Escrito por Fábio Seixas às 17h03

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Dia que passa...

Em Miami, os jurados agora pediram uma lista das provas que foram apresentadas e aceitas durante o julgamento.
 
A Promotoria e a defesa de Alan Miller entregaram suas listas. A defesa de Castro Neves alegou que não portava a relação e saiu da sala para imprimir.
 
O júri já deu sinais de que não avançará além das 16h locais, 17h em Brasília.

Muito provavelmente, vai ficar para outro dia.

Escrito por Fábio Seixas às 16h19

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Stoner, e perspectivas de um ano bom

Teve corrida em Losail, enfim.
 
Com perseguição implacável de Rossi sobre Stoner. Em nenhum momento, porém, o italiano e sua Yamaha conseguiram realmente ameaçar o australiano e sua Ducati.
 
Lorenzo foi o terceiro.
 
Resultado esperado. Stoner vem sobrando há algum tempo. Rossi terá outra tarefa complicada neste ano _e já mostrou que gosta de encrencas assim.
 
A largada da MotoGP no Qatar (Hassan Ammar/AP)
 
Este campeonato será bom...

Escrito por Fábio Seixas às 15h49

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Crônica do escanteio anunciado

Zero ponto em duas corridas na temporada, pior desempenho desde 1992, a Ferrari, enfim, promoveu um troca-troca na cúpula.
 
O diretor técnico Luca Baldiserri foi transferido para um cargo na fábrica, em Maranello. Em seu lugar, entra Chris Dyer. Aldo Costa, projetista, será o encarregado de uma nova força-tarefa, coordenando as atividades em pistas.

Curioso, isso.

Em outubro do ano passado, escrevi uma coluna dizendo que a Ferrari havia errado ao subestimar o impacto da troca de comando na equipe e que Baldisseri era "apenas um esforçado aprendiz de chefe".

Um trechinho: "Pilotos têm carreiras curtas, com prazo de validade, finitas. Dirigentes, não. Alguns são infinitos, como Williams, Dennis, Head... A Ferrari se preparou bem para o primeiro caso, a aposentadoria de Schumacher. Mas, talvez acreditando na continuidade de Todt, Brawn, Martinelli e Byrne, não trabalhou na sucessão (...) E colocou tudo nas mãos de Baldisseri, apenas um esforçado aprendiz de chefe. No primeiro ano, 2007, a equipe ainda carregava resquícios da filosofia anterior, ele teve uma sorte danada, e Raikkonen conquistou o Mundial. Hoje o time é outro, já é a sua cara. Uma Ferrari que erra no motor, no escapamento, na estratégia, no abastecimento, no pirulito. Federico Uguzzoni, o que apertou o botão errado, não é o culpado. Tampouco Massa, que faz um campeonato correto. O buraco, na Ferrari, é mais em cima."

O assessor de imprensa de Maranello ficou bem bravo. Mandou carta pro jornal, colocou empecilhos numa entrevista já agendada com Massa e impediu este blogueiro de participar da dita-cuja.

É... Acho que eu não estava tão errado assim...

Escrito por Fábio Seixas às 15h33

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Almoço em Miami

Na Corte Federal de Miami, recesso para o almoço.
 
Antes da pausa, os jurados pediram a transcrição de dois depoimentos. O primeiro, de Fred Feingold, advogado tributarista de Nova York. O segundo, Marc Burg, uma testemunha de acusação.

A defesa de Castro Neves se opôs à cessão das transcrições, mas o juiz liberou. Obviamente, isso leva tempo. Ou seja, a novela pode não terminar hoje. 

Escrito por Fábio Seixas às 14h32

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Um mês

Provavelmente saberemos ainda hoje se o júri considerou Castro Neves culpado ou inocente das acusações de fraude contra o sistema fiscal dos EUA.
 
A extensão de uma eventual pena, no entanto, vai demorar. "Normalmente, leva um mês até o juiz proclamar a sentença", informa a assessoria da Corte Federal de Miami.

Escrito por Fábio Seixas às 13h07

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Miami-SP-Losail

Eloisa Lopez, colaboradora da Folha em Miami, avisa que o julgamento de Castro Neves foi retomado por volta das 8h30 locais, 9h30 de Brasília.

A previsão é que a deliberação vá até as 16h de lá, 17h daqui. E que a decisão do júri saia hoje _o juiz, no entanto, pode levar mais alguns dias para proclamar a sentença.

Ah, sim: o Sportv 2 anuncia que vai transmitir a MotoGP. A largada será às 15h.

Escrito por Fábio Seixas às 11h32

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Corrida na 2ª-feira

Os pilotos discutiram, houve um certo bafafá, mas a prova da MotoGP foi remarcada para segunda-feira, 21h do Qatar, 15h de Brasília.
 
Pedrosa, Hayden e Stoner, entre outros, queriam o cancelamento definitivo. Mas a turma liderada por Rossi e Dovizioso conseguiu dos qatarianos garantias de que o asfalto será limpo e que alguns problemas da iluminação serão resolvidos nas próximas horas _o reflexo das lâmpadas no asfalto molhado atrapalhou muito os pilotos da 125 cc e da 250 cc.
 
Ah, sim: se voltar a chover forte amanhã, aí a corrida será cancelada sem choro nem vela, e a abertura do campeonato aconterá apenas em Motegi, no dia 26.
 
Lorenzo, durante o temporal em Losail (Efe)

Escrito por Fábio Seixas às 20h04

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Dilúvio no deserto

A chuva em Losail, que encerrou a corrida das 125 cc após quatro voltas e que encurtou também a abertura das 250 cc, foi ainda mais cruel com a MotoGP.
 
A ponto de os pilotos não deixarem os boxes. A corrida ficou para segunda-feira, ainda sem informação sobre horário.
 
A foto abaixo é das 125 cc. Não, não havia mesmo a menor condição...
 
Pilotos da 125 cc tentam enfrentar a chuva (Hassan Ammar/AP)

Escrito por Fábio Seixas às 17h58

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Dica do Divila

A dica é do Ricardo Divila, o próprio, primeiro e único.
 
E é um passatempo para este domingão de Páscoa: um guia interativo do site do "Telegraph" com as mudanças no regulamento da F-1 para 2009.
 
O link é este.

Escrito por Fábio Seixas às 14h57

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Em Curitiba, Valdeno

Em Curitiba, vitória de Valdeno, a segunda na carreira, seguido por Cacá e Camilo. Com o resultado, o paraibano assumiu a liderança do campeonato.
 
Uma corrida monótona, contam, mas que teve roda escapando, Átila que o diga. Os capôs, pelo menos, ficaram no lugar.
 
Não vi muito da prova porque a Globo dividiu a transmissão com o vôlei. Alguém aqui passou a manhã de Páscoa no autódromo? O que achou?

Escrito por Fábio Seixas às 14h54

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nina Horta Fábio Seixas, 37, é jornalista com mestrado em Administração Esportiva pela London Metropolitan University, da Inglaterra, e Coordenador de Produção da Sucursal da Folha no Rio. É colunista de automobilismo da Folha e do UOL.


RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reproduçãoo do conteúdo desta Página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.