Fábio Seixas

Automobilismo e pitacos sobre tudo o mais

 

Schumacher, o irmãozão

"Eu fiquei naturalmente chocado ao ver meu irmãozinho sofrer um acidente tão pouco usual e infeliz e com aquele impacto... Foi muito chocante."
 
Este, Schumacher, falando hoje aos jornalistas brasileiros em Valência.
 
Uma bela entrevista. Que tem muito mais.
 
Para ler tudo, dê uma acelerada até o Tazio.

Escrito por Fábio Seixas às 16h20

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Na escolinha...

Na GP2, deu Petrov. O russo aproveitou um erro do pole, Hulkenberg, logo na primeira curva e venceu pela segunda vez no ano.
 
(Para alguém que já fechou ou tenta fechar com uma equipe espanhola, a Campos, não poderia haver resultado melhor.)
 
O alemão caiu para terceiro, se recuperou, terminou em segundo, manteve a ponta do campeonato.
 
Perez fechou o pódio.
 
Di Grassi era o quarto até que uma pane hidráulica o deixou a pé a três voltas da bandeirada. Assim, o melhor brasileiro na prova foi Nunes, 12°.
 
Com o resultado, Hulkenberg mantém a ponta no campeonato com 68 pontos, 17 a mais do que Petrov, o vice-líder.
 
A segunda prova em Valência acontece às 5h30 deste domingo (horário de Brasília), com Sportv.

Escrito por Fábio Seixas às 16h18

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Na balança

Eis a lista dos pesos para a largada em Valência:
 
Lewis Hamilton (McLaren), 653 kg*
Sebastian Vettel (Red Bull), 654*
Heikki Kovalainen (McLaren), 655*
Fernando Alonso (Renault), 656,5*
Robert Kubica (BMW), 657,5*
Kimi Raikkonen (Ferrari), 661,5*
Jenson Button (Brawn), 661,5*
Rubens Barrichello (Brawn), 662,5*
Mark Webber (Red Bull), 664,5*
Nico Rosberg (Williams), 665*
Adrian Sutil (Force India), 672,5
Nick Heidfeld (BMW), 677
Romain Grosjean (Renault), 677,7
Jaime Alguersuari (Toro Rosso), 678,5
Sébastien Buemi (Toro Rosso), 688,5
Luca Badoer (Ferrari), 690,5
Giancarlo Fisichella (Force India), 692,5
Timo Glock (Toyota), 694,7
Kazuki Nakajima (Williams), 702
Jarno Trulli (Toyota), 707,3
 
Algumas considerações:
 
Hamilton, o pole, está 2 kg mais leve que Kovalainen e 9,5 kg mais leve que seu primeiro adversário pra valer, Barrichello. Deve parar três ou quatro voltas antes do brasileiro. Ou seja, vai depender muito do que seu companheiro e o Kers fizerem na largada e nas voltas até a parada;
 
Barrichello está em boa condição. Porque pode ter a chance de dar o bote. E porque não deve ser ameaçado por Button, que está 1 kg mais leve e mesmo assim sai duas posições atrás;
 
Será que Trulli já está treinando pro ano que vem?
 
E vocês, o que acham disso tudo?

Escrito por Fábio Seixas às 16h08

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sábado, frio, aeroporto, paella, coluna

 
Stefanovic não é do meio. Não pertence às turminhas que rondam a F-1 e a GP2, não tem o rabo preso com Ecclestone ou Mosley.

O que é ótimo. Porque, ao ter o pedido negado, pôs a boca no mundo.

O sérvio revelou uma perniciosa ligação entre a FIA e a Cosworth. "A Cosworth nos informou, por escrito, que, se não usássemos os motores deles, não teríamos nenhuma chance na concorrência", denunciou, em entrevistas para todo lado nos últimos dias. Um esquema, enfim, com toda a carga negativa que a palavra carrega e que conhecemos tão bem.

 

A coluna de hoje fala sobre o empresário sérvio que pode melar os planos da FIA e da FOM para o próximo Mundial.

 

O texto está aqui, para assinantes da Folha e do UOL.

Escrito por Fábio Seixas às 11h31

Comentários () | Enviar por e-mail | Colunas na Folha | PermalinkPermalink #

Hamilton está de volta

O campeão mundial levou 11 provas para fazer uma pole.
 
Mas conseguiu. Sem coincidências, uma etapa após conquistar a primeira vitória.
 
Não há mais dúvidas, a McLaren está de volta. Hamilton está de volta.
 
Tarde demais para brigar pelo título, é verdade. Mas em tempo de vencer mais GPs e de influir diretamente na luta pelo campeonato entre Button, Webber e Vettel.
 
Em Valência, Hamilton conquistou a 14ª pole da carreira, a primeira desde o GP da China do ano passado.
 
O treino da manhã serviu para quase nada. Aconteceu com 27ºC no ar e 34ºC no asfalto e teve, na prática, pouco mais de meia hora. Num treino maluco, resultados malucos: Sutil foi o mais veloz, seguido por Nakajima e Kubica.
 
A referência, portanto, era a sexta-feira, dia em que Brawn, McLaren e Alonso andaram bem.
 
E foi assim quando a coisa aconteceu para valer. 
 
O treino oficial começou com 30ºC no ar e 47ºC no asfalto e sem incidentes.
 
No Q1, Button foi o mais rápido, com 1min38s531. Hamilton ficou em segundo, a 0s118. A seguir, Kubica, Kovalainen e Raikkonen. Barrichello foi o oitavo, a 0s488 do companheiro.
 
Os cortados, Fisichella, Nakajima, Trulli, Alguersuari e Badoer. O ferrarista, a 2s882 de Button. Lamentável, indesculpável. Porque se é verdade que ele não corria havia dez anos, também é que ele tem uma Ferrari nas mãos, caspita! É ruim de volante, ponto final.
 
No Q2, Heidfeld, Sutil, Glock, Grosjean e Buemi dançaram.
 
Lá na frente, Barrichello, em ritmo muito forte nas duas últimas voltas, fez o melhor tempo do fim de semana: 1min38s076. Hamilton foi o segundo, a 0s106, seguido por Kovalainen e Vettel. Fechando o top 10, Rosberg, Button, Webber, Alonso, Kubica e Raikkonen.
 
Veio a hora da decisão, o Q3.
 
Na primeira bateria de voltas, Hamilton conseguiu o melhor tempo, com Button, Raikkonen e Alonso na sequência.
 
A turma entrou, trocou pneus, foi à luta.

E deu Hamilton, com 1min39s498, 0s034 melhor que Kovalainen _que só não levou a pole porque tremeu no final de sua última volta lançada.
 
Barrichello foi o terceiro, a 0s065. Vettel larga ao seu lado, em quarto. Button abre a terceira fila, em quinto, com Raikkonen em sexto.

Depois aparecem Rosberg, Alonso, Webber (ele foi pra Valência?) e Kubica.
 
Hamilton saindo na pole, com o companheiro de escudo, numa pista de rua? É, não dá para apontar outro favorito à vitória.

Se nada de estranho acontecer, o inglês vence fácil. E a turma de trás que se entenda na luta pelo título.

Escrito por Fábio Seixas às 10h11

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Batismo

Uma das novatas da F-1 em 2010, a Manor não chamará Manor.

O nome de inscrição da equipe na FIA será Virgin Racing.

Escrito por Fábio Seixas às 18h02

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ferrugem

Não foram duas as multas recebidas por Badoer, hoje, por excesso de velocidade no pit lane.
 
Foram três.
 
Às 14h11, ele passou 2,7 km/h acima do limite, que em Valência é 60 km/h.  Às 14h21, passou a 66 km/h. Às 14h44, a última: 65,9 km/h. 

O total das multas, € 5400, cerca de R$ 14.150. Badoer ainda foi chamado à torre para um conversinha com os comissários.

Na pista, foi o último no primeiro treino e o antepenúltimo no segundo.

Ou seja, o pé só pesou quando não deveria. 

O que o amigo dele na foto aqui não deve estar pensando...

Schumacher e Badoer, hoje, nos boxes de Valência (Jose Jordan/France Presse)

Escrito por Fábio Seixas às 14h34

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Uma pergunta

Alonso já arrumou um ajudante para carregar seu capacete no ano que vem?
 
Alonso, nesta sexta, em Valência (Daniel Ochoa de Olza/AP)
 
Obrigado ao Mauricio Lima pela dica.

Escrito por Fábio Seixas às 13h57

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Valência, 1º e 2º treinos livres

Pela manhã, com 25ºC no ar e 28ºC no asfalto, um duelo Brawn x McLaren, com a equipe novata levando a melhor.

 

Barrichello cravou 1min42s460, 0s176 melhor do que Kovalainen, o segundo colocado. Hamilton foi o terceiro, com Button em quarto. A Red Bull foi discreta. Vettel ficou em quinto, com Webber três posições abaixo.

 

À tarde, com o tempo bem mais quente (30º no ar e 50º no asfalto), a McLaren aparentemente mudou a programação, trabalhando mais para a corrida. A Red Bull continuou apagada, apagada, apagada. E, assim, a Brawn voou sozinha pela maior parte da sessão.

 

Pela maior parte, notem.

 

Porque, no finalzinho, Alonso resolveu arrasar com os tempos. Depois de cometer um erro numa dividida de curva com Heidfeld e quase mandar o alemão pra praia, o espanhol entrou nos boxes, trocou o bico e levantou a torcida.

 

Cravou 1min39s404, tornando-se a único a baixar do 1min40s. Button ficou em segundo, a 0s774. Barrichello foi o terceiro, a 0s805. Na sequência, fechando o top 10, Rosberg, Nakajima, Sutil, Kubica, Fisichella, Vettel e Kovalainen.

Alonso treina em Valência (Felix Heyder/Efe)

 

A Renault tem carro pra tudo isso? Provavelmente não. Certamente Alonso estava de tanque vazio. Mas nada impede que ele tente (e possivelmente consiga) repetir isso no treino oficial.

 

Não seria a primeira vez que uma equipe faz este tipo de aposta num circuito de rua: largar na frente, mesmo sabendo que o primeiro pit será mais cedo que os dos rivais. Os simples fatos de se livrar das confusões das largadas e de escapar dos trenzinhos que se formam em pistas assim já parecem compensar a estratégia. A ver.

 

De resto, o resto.

 

Badoer sentiu o peso de dez anos longe de um GP. Andou sempre lá no fundo e ainda tomou duas multas (total de 2400 euros) por ultrapassar o limite de velocidade nos boxes. E Grosjean fechou o segundo treino em 13º, a 1s383 de Alonso. Sinceramente, achei que seria ainda pior.

 

O que vai dar amanhã? Desempenho por desempenho, acho que vai ficar com Brawn ou com McLaren. Mas na base do tanque-vazio-para-ver-no-que-vai-dar, Alonso não pode ser excluído das apostas.

Escrito por Fábio Seixas às 10h51

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A vida imita a arte

Repliquei no Twitter a pergunta que fiz aqui sobre o Grosjean, dois posts abaixo.
 
Foi engraçado. Lembraram do Visconde de Sabugosa, do Garibaldo e, acreditem, até da Gisele Bündchen (??!!).
 
Mas a grande maioria de respostas foi esta, certeira...
 
 
Sim, Side Show Bob. Ou como escreveu um internauta, "o cara que vive tentando matar o Bart Simpson".
 
Grosjean, é bom que se diga, também já deu a impressão de ter tentado cometer alguns assassinatos...

Escrito por Fábio Seixas às 16h38

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Barrichello x Nelsão

Apenas um brasileiro alinhará no grid de Valência, Barrichello.

 

Que, coincidência ou não, hoje falou por dois. Por três. Por vários.

 

Coisa do tipo: "O Nelsão foi um grande piloto e tem muito o que aprender como pessoa. Com o Nelsinho, é o contrário".

 

E mais: "Minha opinião não era simplesmente o pescoço, mas devem ter problemas que envolviam a Ferrari. Ele tem uns problemas por causa do acidente na moto, mas na minha visão tem coisa a mais que não cabe a mim procurar".

 

E mais, e mais... O áudio já está lá no Tazio.

Escrito por Fábio Seixas às 14h10

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sorriso aberto

O homem mais feliz do mundo hoje?
 
Grosjean, nos boxes da Renault em Valência, hoje (Jose Jordan/France Presse)
 
Impossível dizer. Mas é um deles, com certeza.
 
(Aliás, quanto tempo vai levar para arrumarem um apelido para essa cabeleira?)

Escrito por Fábio Seixas às 12h48

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pelo Telefone

Se o "Marca" estiver certo e a Campos tiver mesmo fechado com Petrov (posto que De la Rosa já estaria garantido pela Repsol), qual seria o destino de Senna, que conversava por lá também?
 
"Bruno está bem na Force India", diz mensagem que chega no meu celular. 

Escrito por Fábio Seixas às 11h46

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sobre Nelsinho, Nelsão, Sauber e BMW

Por mais que Nelsinho negue com veemência, Nelsão realmente cogitou a ideia de comprar parte da BMW Sauber. E ele não queria uma fatia pequena. Sua ideia era ser sócio majoritário, com algo como 60% do time.
 
As negociações, porém, ficaram pelo caminho. Nelsão viu o tamanho da encrenca, os valores envolvidos, os nós burocráticos/políticos que teria que desatar à frente e mudou de foco.
 
As conversas com a BMW, hoje, não existem mais.
 
Sua ideia, agora, é encaixar Nelsinho numa equipe. Que pode até ser a Sauber, mas numa relação diferente, em que o tricampeão não seria sócio, apenas pai/empresário administrando a carreira do filho.

Escrito por Fábio Seixas às 19h37

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

USF1Tube

A USF1 confirmou nesta quarta-feira que Chad Hurley, que ficou bilionário criando o Youtube, é seu principal investidor. 
 
"Estou empolgado em fazer parte da primeira equipe americana de F-1 em 40 anos. Começar do zero um projeto desta magnitude é uma oportunidade tremenda", afirmou Hurley, em nota oficial.
 
A USF1 é a primeira das novatas a anunciar um parceiro forte para a empreitada. Larga na frente, portanto.

E, nos bastidores, já começa um zunzunzum de que a equipe terá motor Toyota. Isso, claro, se a FIA, com suas ligações obscuras com a Cosworth, deixar.

Escrito por Fábio Seixas às 18h23

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

As regras do jogo

A FIA divulgou hoje os Regulamentos Técnico e Esportivo da F-1 para 2010.
 
O que salta aos olhos:
 
. Treino oficial continua dividido em três blocos, mas com algumas mudanças importantes. Serão oito os cortados no Q1, mais oito no Q2. Os dez restantes disputarão a pole, no Q3, com tanque vazio! Ou seja, acabará aquela aberração de os pilotos do Q2 serem mais rápidos que o primeiro no grid...;
 
. Reabastecimento está banido. As mantas térmicas seguem nos pneus;
 
. O Kers continuará sendo opcional;
 
. Peso mínimo do carro subirá para 620 kg, para acomodar o tanque maior e incentivar as equipes a usarem o Kers;
 
. Sistema de pontuação não muda. Continuará sendo campeão o piloto com mais pontos. A ideia das medalhinhas de Ecclestone continua arquivada.
 
Ainda não é desta vez que voltaremos a ter treinos oficiais na sexta e no sábado, com todo mundo na pista e o melhor levando a pole. Mas, diante das circunstâncias e das trapalhadas recentes, até que agora a FIA foi bem...

Escrito por Fábio Seixas às 15h12

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Programe-se

E antes que eu me esqueça, segue a programação da F-1 em Valência, no horário de Brasília:
 
Sexta-feira
5h-6h30, 1º treino livre
9h-10h30, 2º treino livre
 
Sábado
6h-7h, 3º treino livre
9h, treino oficial
 
Domingo
9h, largada, 57 voltas

Escrito por Fábio Seixas às 14h27

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Leão e leõezinhos

Com a desistência de Schumacher de correr em Valência, o prêmio "retorno do ano no esporte a motor", por ora, vai para Mansell.
 
Aos 56, o Leão vai disputar os 1000 Km de Silverstone, última etapa da Le Mans Series, no mês que vem, ao lado do filho Greg. Os dois vão dividir um Ginetta-Zytek GZ09S com o dono da marca, Lawrence Tomlinson.
 
O outro filho de Mansell, Leo, também estará por lá: vai correr na LMGT2, com uma Ferrari F430 GT.
 
"Vai ser muito especial voltar a correr em Silverstone, onde tive algumas de minhas vitórias mais marcantes. Não tenho dúvida de que será um fim de semana incrível", disse o campeão da F-1 de 1992.
 
Com Mansell ao volante, ninguém duvida disso.

Escrito por Fábio Seixas às 14h00

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A McLaren vem aí...

Tem F-1 neste fim de semana, lembram?
 
Pois é, tem F-1 e tem McLaren com novo pacote aerodinâmico. A equipe levará para Valência um novo assoalho e uma nova asa traseira.
 
Nas últimas provas, a McLaren conseguiu uma evolução bem parecida com aquela da Red Bull mais pro início do campeonato. Venceu na Hungria com propriedade, andou bem desde a sexta-feira.
 
Um movimento importante, já que pode ser decisivo para o título. Se a McLaren se colocar entre Red Bull e Brawn, ruim para a Brawn. Caso se coloque entre Brawn e Red Bull, ruim para a Red Bull. Se andar na frente das duas, bem... Elas que se entendam.
 
Aliás, ouvi de um piloto, ontem, uma história curiosa sobre a McLaren. 
 
A asa dianteira do modelo na escala de 50% estava distorcendo os dados do túnel de vento _havia pouco espaço entre aquela asa tão larga e as paredes do equipamento. Após o vexame dos primeiros GPs, os engenheiros desconfiaram do problema e fizeram um modelo em 30%. Quando colocaram no túnel, eureca! Perceberam que o carro carregava uma série de problemas aerodinâmicos. Foi a partir daí, sem distorção de dados, que praticamente redesenharam o MP4-24, que começou a andar bem.
 
Se non è vero, è ben trovato...

Escrito por Fábio Seixas às 12h47

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pit Stop #112

O Pit Stop de hoje teve muito papo sobre Grosjean, Nelsinho, Massa, Schumacher, Berger...

Sim, Berger, o homenageado da seção Naftalina desta semana.
 
Lá vai...
 

Escrito por Fábio Seixas às 21h16

Comentários () | Enviar por e-mail | Pit Stop em vídeo | PermalinkPermalink #

Sobre Grosjean

Dia corrido, como está virando tradição às terças-feiras.

Sobre a escolha por Grosjean: óbvio, todo mundo já sabia.
 
Mas alerto: não é o grande piloto que alguns tentam pintar. Pelo contrário. Minha opinião pode até mudar (tomara que mude, aliás), mas hoje, 18 de agosto de 2009, acho que é um piloto bem fraquinho.
 
É isso por ora. Às 15h, tem Pit Stop no UOL, ao vivo, aqui. Para mandar perguntas, o e-mail é o uolnewsformula1@uol.com.br
 
Até. 

Escrito por Fábio Seixas às 12h04

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A foto-2 (não dava pra não postar)

Sim, já havia colocado aqui a foto do fim de semana. Mas não poderia deixar de postar esta, uma cena de ontem mas que só agora pingou no sistema...

 
O Mitsubishi do piloto Federico Villagra e do navegador Diego Curletto acerta um cavalo (e por pouco não acerta outros), durante etapa da Vuelta de la Manzana, na Argentina.
 
Os ocupantes do carro nada sofreram. Não achei nada nos sites argentinos, como esteeste, sobre o cavalo.

A imagem é da Reuters.

Escrito por Fábio Seixas às 17h04

Comentários () | Enviar por e-mail | A foto | PermalinkPermalink #

A foto

A foto do fim de semana é da Ducati de Kallio se arrebentando no treino classificatório em Brno.

A imagem é da France Presse, que não identificou o nome do fotógrafo, possivelmente um free-lance tcheco rápido no gatilho.
 
 
 
Kallio largou em décimo mas, para Melandri, seria melhor se não tivesse largado. Na 20ª volta da corrida, ele praticamente atropelou o italiano... O choque está aos 22 segundo deste vídeo tosco aqui, um absurdo.

Escrito por Fábio Seixas às 14h24

Comentários () | Enviar por e-mail | A foto | PermalinkPermalink #

Suspenderam a suspensão

A suspensão virou multa de US$ 50 mil (=nada), e a Renault correrá em Valencia.

Como era óbvio.
 
O que a FIA queria com a absurda medida de suspender a equipe por uma roda solta era posar de baluarte da segurança após a morte de Surtees e o acidente de Massa.
 
Poderá sempre argumentar que os comissários fizeram sua parte, e que a retirada da suspensão foi obra da Corte de Apelações.
 
Hipocrisia.

Escrito por Fábio Seixas às 13h06

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Volta ao batente

De volta a São Paulo, após um ótimo fim de semana no Rio.
 
E, apesar do convidativo sol dominical, consegui assistir à MotoGP _claro, dez minutos depois eu já estava na praia.
 
Corrida muito boa. Com Lorenzo pressionando Rossi, ultrapassando o companheiro a seis voltas do fim, caindo na volta seguinte, enlouquecendo de raiva.
 
Mas senti falta de Stoner. A melhor Ducati foi a de Hayden, em sexto. O que mostra mais uma vez como o australiano é bom. Que se recupere e volte logo, para o bem dele, para o bem do esporte.
 
Para o campeonato, claro, será inócuo. O título cada vez mais voa mais rápido para as mãos do Doutor.

Escrito por Fábio Seixas às 11h09

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nina Horta Fábio Seixas, 37, é jornalista com mestrado em Administração Esportiva pela London Metropolitan University, da Inglaterra, e Coordenador de Produção da Sucursal da Folha no Rio. É colunista de automobilismo da Folha e do UOL.


RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reproduçãoo do conteúdo desta Página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.