Fábio Seixas

Automobilismo e pitacos sobre tudo o mais

 

Fala, Barrichello

"Eu não sei se temos ritmo para a Red Bul. Acho que sim. Mas para a McLaren parece impossível. É de se esperar que a McLaren tenha uma corrida diferente do resto."
 
"O pôr-do-sol é o problema maior, porque ele fica na visão por alguns momentos, se bem que o sol desce muito rápido aqui. O contraste é diminuído por eles já terem luzes acesas, então não tive problemas quanto a isso."
 
"De uma certa forma eu acho que somos a terceira maior força neste final de campeonato. Estamos sofrendo um pouco com a velocidade, mas estou super feliz. Quarto lugar era o melhor que dava para esperar."

Barrichello, neste sábado, em Abu Dhabi (Fred Dufour/France Presse)

Para ler e ouvir a entrevista de Barrichello em Abu Dhabi, dê um pulo no Tazio.

Escrito por Fábio Seixas às 16h49

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Na balança

Saiu a lista de pesos. É esta:

Kubica: 654,5 kg
Barrichello: 655
Button: 657

Hamilton: 658,5
Webber: 660

Trulli: 661

Buemi: 661,5
Vettel: 663
Heidfeld: 664
Rosberg: 665
Raikkonen: 692
Fisichella: 692,5

Kobayashi: 694,3
Liuzzi: 695
Sutil: 696

Alguersuari: 696,5

Kovalainen: 697
Nakajima: 704
Alonso: 708,3
Grosjean: 710,8

 

Hamilton é só o quarto mais leve e mesmo assim conquistou a pole com aquela tranquilidade toda. Vettel, porém, está 4,5 kg mais pesado. Ou seja, o inglês vai ter de fazer um primeiro trecho de prova em ritmo de classificação para segurar a ponta depois da primeira parada nos boxes. Hamilton está em excelente condição, mas a corrida ainda não está tão ganha;

 

Problema dele ou do carro, Barrichello fez um treino ruim. É o segundo mais leve e ficou só em quarto. Webber carrega cinco quilos a mais e foi 0s060 mais veloz;

 

Button também não teve um bom sábado. Mas acho que não está muito preocupado com isso.


E vocês, o que acharam?

Escrito por Fábio Seixas às 14h58

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Hamilton, pole esperada

Em Abu Dhabi, a 17ª pole de Hamilton, a quarta na temporada.
 
Hamilton comemora pole entre Vettel (2º) e Webber (3º) (Luca Bruno/AP)
 
Sem supresas. Ele andou bem por lá desde o primeiro momento. Com a marca, supera Moss e torna-se o terceiro inglês em número de poles, só atrás do Mansell (32) e do Hill-filho (20).
 
No duelo pelo vice-campeonato, Vettel levou a melhor sobre Barrichello. O alemão sai em segundo, com o brasileiro em quarto _e com Webber como escudo, em terceiro.
 
Foi, de longe, a sessão classificatória mais chata da temporada. Pelo traçado insosso, bobo. Pelo caráter amistoso do GP. Pela falta de tesão dos pilotos em buscarem alguma coisa.
 
No terceiro treino livre, deu Brawn, com Button 0s002 mais veloz que Hamilton. Quase um empate técnico, nada que abalasse a força da McLaren. Barrichello foi o terceiro.
 
O treino oficial aconteceu com 30ºC no ar, 32º no asfalto.
 
No Q1, foram cortados Alonso (!!??), Liuzzi, Sutil, Grosjean e Fisichella.
 
Lá na ponta, como quase sempre no fim de semana, os dois ingleses campões. Hamilton fez 1min39s873, 0s505 melhor que Button. Trulli foi o terceiro, seguido por Kubica, Heidfeld e Barrichello.
 
No segundo bloco do treino, deu Hamilton de novo, desta vez seguido por Vettel. A marca do inglês, 1min39s695, 0s289 melhor que a do alemão. Button foi o terceiro, seguido por Webber e Trulli.
 
Fechando a turma da suposta luta pela pole (porque já estava claro quem seria o primeiro), Barrichello, Buemi, Kubica, Heidfeld e Rosberg.

Foram cortados Raikkonen, Kobayashi, Kovalainen, Nakajima e Alguersuari.
 
E com o crepúsculo, veio o Q3.
 
E, lógico, veio a pole do Hamilton. Tranquila, sem sustos, tudo sob controle. O tempo, 1min40s948.
 
Sempre tem a questão do peso, claro, mas não acho que Hamilton esteja jogando com combustível. Numa pista sem claros pontos de ultrapassagem, já colocou uma mão na última taça da temporada.

Escrito por Fábio Seixas às 12h05

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sábado, sol, plantão, obra, coluna

Mirar o corte de custos é louvável, mas a FIA derrubou o alvo errado ao banir os testes durante o Mundial. Esqueceu que, naturalmente, ocorre uma demanda por mão de obra ao longo do campeonato. Kobayashi, Alguersuari e Grosjean estrearam praticamente crus. E a situação não será lá muito diferente para os estreantes em 2010. Entre 95 e 96, Villeneuve percorreu 11 mil km em testes antes de disputar seu primeiro GP. Único estreante em Melbourne, Buemi fez 7.400 km, ou 33% a menos. Pesa.

A coluna fala sobre o desafio maior que os novatos encontram hoje na F-1.

Na edição digital da Folha, está na página D5. A versão texto está aqui.

Escrito por Fábio Seixas às 10h49

Comentários () | Enviar por e-mail | Colunas na Folha | PermalinkPermalink #

Abu Dhabi, 2º treino livre

Começo este post como terminei o anterior. A McLaren está forte.
 
Quando Kovalainen faz o primeiro tempo, é sinal de que o time de Woking está sobrando. Foi o caso neste segundo treino livre em Abu Dhabi.
 
Kovalainen, na saída do pit lane de Abu Dhabi (Peter Steffen/Efe)
 
Fazendo bom uso do Kers, metade sendo despejado na reta principal, a McLaren fez dobradinha. O finlandês foi o mais veloz, com 1min41s307, 0s197 melhor que Hamilton.

Button ficou em terceiro, a 0s234. Vettel foi o quarto, a 0s284.
 
O quinto foi a sensação do fim de temporada. Ele mesmo, Kobayashi _para efeito de comparação, Trulli ficou em 14º.
 
Barrichello foi apenas o oitavo.
 
Não tem muito segredo. É McLaren na frente, com Brawn e Red Bull na briga logo atrás. Será assim amanhã, será assim no domingo.

Escrito por Fábio Seixas às 12h37

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Abu Dhabi, 1º treino livre

E a F-1 estreou um novo circuito.
 
Uma pista de cenário deslumbrante, traçado meio bobinho, sem grandes desafios de pilotagem.
 
Button rodou, e só.
 
Na ponta, ele e Hamilton, os ingleses campeões mundiais, travaram um duelo pelo primeiro tempo, vencido pelo piloto da McLaren.
 
O melhor tempo do primeiro treino livre em Abu Dhabi, 1min43s939. Button ficou a 0s096. Vettel foi o terceiro, a 0s214.
 
Na sequência, Barrichello, Heidfeld, Buemi, Sutil, Webber, Alguersuari e Trulli.
 
Raikkonen ficou em 15º. Alonso foi o 16º.
 
A temperatura do ar estava em 35ºC. No asfalto, 47ºC.
 
O próximo treino acontece às 11h, horário da sessão oficial e da corrida. Talvez seja mais significativo para uma análise do que pode acontecer. Mas algo já é fato: a McLaren está forte.

Escrito por Fábio Seixas às 08h35

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

F-1 verde

O Charles Nisz está envolvido numa competição bacana.
 
Ele mesmo explica: "O Centro Europeu de Jornalismo lançou uma competição entre blogueiros para falar sobre mudança climática. Foram escolhidos 81 blogueiros do mundo todo e eu fui um dos escolhidos. Estive em Copenhagen para o lançamento da competição, entre 21 e 24 de setembro, aprendi a mexer no publicador do site da competição, tive palestras com os editores do CEJ e conheci os outros 80 participantes. Os blogueiros serão avaliados durante três meses e todo mês serão escolhidos três vencedores, um em cada critério a seguir: qualidade dos posts, impacto e uso de ferramentas de multimídias. Os três melhores blogueiros ao final da competição serão levados para Copenhague durante a conferência climática da ONU."
 
O que isso tem a ver com F-1? Simples. Em seu último post, o Charles defende que a F-1, responsável por tantas novidades para o mercado automotivo, deveria também ser a plataforma para alternativas verdes. Tem toda a razão, embora nem todo mundo por lá pense assim _o Kers, por exemplo, vive na berlinda.
 
O ótimo texto do Charles, em inglês, está aqui.

Escrito por Fábio Seixas às 21h57

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Preto no branco

Eis que começa a pipocar nos sites brasileiros informação confirmada, imagino, pela mesmo fonte que cravou para mim há instantes: Bruno vai mesmo correr pela Campos em 2010.
 
O contrato foi assinado no domingo e ele não levará dinheiro de patrocinador. Seu companheiro de equipe deve ser o De la Rosa, mas ainda não há contrato fechado.
 
Boa sorte ao Bruno. E à Campos. As dificuldades financeiras neste começo de vida da equipe são enormes, como escrevi dois posts abaixo.

Escrito por Fábio Seixas às 17h27

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Parece ficção...

...mas é realidade.
 
Safety car percorre o circuito de Abu Dhabi, nesta quinta (Peter Steffen/Efe)

Escrito por Fábio Seixas às 15h07

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sobre Bruno e a Campos

É forte o zunzunzum de que Bruno assinou com a Campos para 2010. Na Espanha, já tem gente cravando. Não tenho a informação, mas é muita gente falando, acho que acertou mesmo.
 
Há uma corrente que acha que o importante é entrar na F-1, seja qual for a porta. Uma vez lá dentro, é tentar mostrar serviço.
 
Pode ser. Mas acho que Bruno, pelo sobrenome que tem, poderia cavar coisa melhor. Talvez a frustração pelo que ocorreu com a Honda, em janeiro, tenha provocado pressa em assinar qualquer coisa para o ano que vem.
 
Das novas equipes anunciadas para 2010, a Campos é a que mais está engatinhando em termos financeiros. Sofre (bastante) para fechar o orçamento e já há quem diga que acabará negociando sua vaga no Pacto da Concórdia com a BMW-Sauber-Qadbak, que tem a estrutura e o dinheiro mas não foi signatária do acordão com Ecclestone. 
 
E se isso acontecer, como ficarão os pilotos?

Escrito por Fábio Seixas às 14h52

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Novelinha inglesa

Ecclestone trava uma briga política histórica com o BRDC, o British Racing Drivers' Club, que administra todo o complexo de Silverstone. Por isso, há anos, tenta tirar a F-1 de lá.
 
Para 2010, sua esperança era Donington. O circuito de Leicestershire foi anunciado como casa do GP da Inglaterra, mas não conseguiu cumprir os trocentos prazos que foram sendo concedidos para terminarem algumas obras.
 
Resultado: hoje, em Abu Dhabi, Ecclestone deixou claro que não dá mais para Donington. Que seja o fim desta novela chata.

Escrito por Fábio Seixas às 14h37

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O pior cego...

Trulli, para Sutil, na entrevista coletiva de hoje em Abu Dhabi: "Não sei se você é cego. Tenho fotos se você quiser ver. Você está tentando me ultrapassar por fora, na zebra".
 
Sutil respondeu: "Não há problema de estar na zebra. Não sei quanto você deseja aprender as regras".
 
Falei isso na transmissão do GP Brasil e repito agora, depois de ver a cena algumas vezes: pelo acidente, pelo piti à beira da pista e pela teimosia burra, Trulli merecia uma suspensão.

Escrito por Fábio Seixas às 14h11

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Fala, Barrichello

"Estamos muito perto de finalizar uma coisa boa para mim, que é ter um carro competitivo, o que eu almejei. Estou feliz porque estou no meio dos rumores, coisa que não estava no ano passado. A hora em que for para falar eu vou falar."
 
Barrichello vai correr na Williams em 2010, até minha avó já sabe. Só que não pode falar, chatices da F-1. Mas para ouvir o que o brasileiro pode dizer, e disse, hoje em Abu Dhabi, é só clicar no Tazio.

Escrito por Fábio Seixas às 14h03

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Uma pergunta

Ué, e o Corinthians?
 
Barrichello chega ao circuito de Abu Dhabi, nesta quinta (Diego Azubel/Efe)

Escrito por Fábio Seixas às 13h01

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Programe-se

Como tem muita gente fazendo confusão, publico aqui, um dia antes do normal, o "Programe-se" da corrida do fim de semana.
 
Segue a programação do GP de Abu Dhabi, no horário de Brasília:
 
Sexta-feira
7h-8h30: 1º treino livre
11h-12h30: 2º treino livre

Sábado
8h-9h: 3º treino livre
11h: treino oficial

Domingo
11h: GP de Abu Dhabi, 55 voltas

Escrito por Fábio Seixas às 12h46

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Fala, Gil

Bem bacana, a entrevista de Gil de Ferran ao Bruno Vicaria, do Tazio.
 
"Ele [Button] tem uma sensibilidade muito acima da média. Ele tem umas mãos, uns pés que acho que ele sente um grão de areia com uma bota de bombeiro. Você olha nos gráficos de volante e acelerador, ele é sempre muito preciso, gradual, e sempre me impressionou a velocidade com que ele acha o limite. Chega lá rapidamente e dificilmente passa dele. O ritmo de corrida dele quando está tudo certinho é impressionante."

Para quem não sabe ou não lembra, Gil foi chefe de Button na Honda.

Escrito por Fábio Seixas às 11h57

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pit Stop #122

 

A versão "tela grande" está aqui. E a partir da semana que vem, o programa acontecerá em novo horário, às 10h30 das terças. Gostei da mudança. É sempre bom quando a notícia chega antes, afinal.

Escrito por Fábio Seixas às 09h04

Comentários () | Enviar por e-mail | Pit Stop em vídeo | PermalinkPermalink #

O país da F-1

A contribuição hoje é do professor Marcelo Modesto.
 
"Sendo leitor assíduo do seu blog, não poderia deixar de contribuir com a sua 'seção de fotos de estabelecimentos comerciais que fazem referência à F-1', como disse o Flavio Gomes. O que chamou a atenção nessa foto foi o Lotus John Player Special, que, apesar de não ser o do Senna, me fez lembrar dos  tempos que comecei a gostar do esporte. A foto foi tirada na Avenida João Ramalho, em Mauá".
 
 
Ok, obrigado. Mas o que vem a ser um "tatoo rock bar", como o American Graffiti (grande filme!), vizinho da oficina? O cara te tatua enquanto você bebe e ouve Rolling Stones, é isso?

Escrito por Fábio Seixas às 18h47

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ao entardecer

A globetrotter Eloisa Lopez, que está em Abu Dhabi, chama a atenção deste blogueiro para o horário da corrida do fim de semana.
 
A largada em Abu Dhabi será às 17h locais. "São 18h15 e está tudo escuro lá fora", escreveu agora há pouco.
 
Sim, a corrida vai terminar com iluminação artificial. Depois da primeira prova noturna da F-1, no ano passado, em Cingapura, esta será a primeira vez em que os refletores serão acionados durante um GP.
 
Em tempo: no horário de Brasília a largada será às 11h.

Escrito por Fábio Seixas às 12h55

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Segunda, atraso, gripe, redação, coluna

Passando a régua nas pendência do fim de semana, a coluna de sábado falava da eleição de Todt.

Mosley enterrou a Fisa e alcançou a presidência da FIA. Passou a ter, então, gigantesco poder para ditar os rumos da F-1.
E ditou. Porque, por mais que existam um Conselho Mundial e um Senado, seus integrantes, em grande maioria, são subservientes à presidência e às viagens e mordomias que usufruem desse relacionamento. Resultado: o que Mosley propôs, emplacou, e nem mesmo um escândalo com tons nazistas foi capaz de demovê-lo do cargo. A F-1 dos últimos 16 anos foi a cara dele.

Na versão digital de sábado, aqui, a coluna está na página D5. A versão texto está neste link.

Escrito por Fábio Seixas às 12h40

Comentários () | Enviar por e-mail | Colunas na Folha | PermalinkPermalink #

A foto

Rossi cruzou em terceiro, ganhou o sétimo título, parou a moto, festejou com torcedores/amigos, colocou uma camiseta com os dizeres "Galinha velha é que faz canja boa" e só então foi para o pódio.

(Tan Boon Hong/AP)
 
A foto do fim de semana é de Tan Boon Hong, da Associated Press.

Escrito por Fábio Seixas às 12h26

Comentários () | Enviar por e-mail | A foto | PermalinkPermalink #

De volta

O pulso ainda pulsa. A gripe ainda existe, mas eu também. Então vamos lá.
 
Assisti à Stock e à reprise da MotoGP.
 
Na primeira, as mesmas coisas de sempre, capô voando, pilotos exagerando na dose, um vencedor diferente. Na começo da prova, uns 5 ou 6 cortaram a primeira curva pela grama e ninguém foi punido.
 
"Não tem curva praquele tanto de carro", disse o colega Bruno Vicária, do Tazio, que estava lá. Então algo está errado.
 
Na Moto, uma corrida cerebral de Rossi. A pista molhada mudou todos os prognósticos, e o italiano tratou apenas de levar sua Yamaha segura, em terceiro, até a linha de chegada.
 
Conquistou, assim, o sétimo título na categoria máxima do motociclismo. Mas não é isso que faz dele um gênio. Isso, Rossi sempre foi. 

Escrito por Fábio Seixas às 11h09

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sumiço

Gripe forte. Quando der, volto a blogar.

Escrito por Fábio Seixas às 09h41

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nina Horta Fábio Seixas, 37, é jornalista com mestrado em Administração Esportiva pela London Metropolitan University, da Inglaterra, e Coordenador de Produção da Sucursal da Folha no Rio. É colunista de automobilismo da Folha e do UOL.


RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reproduçãoo do conteúdo desta Página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.