Fábio Seixas

Automobilismo e pitacos sobre tudo o mais

 

Dois mil e dez

Dois mil e dez foi o ano de Vettel, de Newey, de Horner, de Mateschitz.
 
"Prefiro ser segundo colocado a vencer com ordens". A frase do autríaco dono da Red Bull foi a lição do ano.
 
Foi o ano do "até que enfim" de Lorenzo e dos azares de seus adversários.
 
Foi o ano em que Franchitti e a Ganassi mostraram o valor de uma boa estratégia.
 
Tivemos a Indy em São Paulo. Vexame no primeiro treino, ondulações monstruosas pela pista e uma estrutura que não é tirada nem a pau da Olavo Fontoura. Que melhorem, já que o contrato prevê a corrida por aqui até 2019.
 
Vimos escândalos na gestão do automobilismo brasileiro e, tenho a impressão, foi só o começo.
 
Na F-1, vimos um Rubinho-Highlander levando ânimo à Williams, um Massa chocho e pressionado, Senna e Di Grassi lutando em equipes de fundo de quintal.
 
E uma frase de Cesar Ramos, no último Pit Stop do ano, não me sai da cabeça. Ele é um representante da geração que vem por aí: tem 21 anos e, portanto, não viu Senna correr. "Meus ídolos são Schumacher e Alonso."
 
É este o preço da seca. Os garotos que começam no kart por aqui não têm alguém próximo em quem se espelhar. O moto-contínuo de idolatria e motivação iniciado por Emerson e seguido por Piquet e Senna estancou. Isso é preocupante.
 
Para este blogueiro, 2010 foi um ano de muita viagem, muita correria, de mudanças que marcaram.
 
É chegada a hora de descansar, de buscar fôlego para perseguir os sonhos de 2011 e para lutar pelo tão querido "sempre". 
 
Este blog entra em férias, mas, vocês sabem, com aquela possibilidade de voltar a qualquer momento, em edição extraordinária.
 
A todos vocês, um enorme obrigado pela companhia, pela paciência, pelo bom humor. Como última mensagem de 2010, o clipe que não sai da minha cabeça neste último dia de trabalho do ano.

Que 2011 deixe 2010 no chinelo!
 
Até lá.

Escrito por Fábio Seixas às 13h57

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sexta, coluna

Hola, Lucas!
Nesta última coluna do ano, pensei em escrever sobre Vettel ou as mudanças no regulamento da F-1. Cogitei falar da felicidade da Bia ao vencer a corrida de kart, no último domingo. O acerto entre Kanaan e Gil também me parecia uma boa ideia.
Mas resolvi escrever para você. Mesmo sem nunca ter te visto. Mesmo sem saber se você vai ler. Espero que alguém aí em Buenos Aires te avise. E não, não precisa responder. Já me acostumei a não receber respostas.
A classificação da F-Future, o primeiro passo no automobilismo por essas bandas, me avisa que você foi o último colocado em 2010.
Vi que você não correu o campeonato inteiro, mas é claro que a rabeira da tabela não era o que você imaginava no começo do ano.
Um pontinho só é muito pouco, todos sabemos disso.
Mas não desanime, chico. Não desista do seu sonho.
 
A última coluna do ano fala sobre dificuldades e sobre esperanças. Porque, como escreveu Fernando Sabino, "no fim tudo dá certo, se não deu certo é porque ainda não chegou ao fim".

A íntegra está aqui, para assinantes da Folha e do UOL.

Na Folha Digital, pág. D5.

PS: A coluna volta em 4 de fevereiro.

Escrito por Fábio Seixas às 11h12

Comentários () | Enviar por e-mail | Colunas na Folha | PermalinkPermalink #

Jingle Bells

Curte o lado técnico da F-1?
 
Então aqui vai meu presente para você: 632 páginas, em PDF, com desenhos e explicações de tudo o que aconteceu na categoria nesta temporada.
 
Participam craques como Piola, Alessio, Michalis e Scarborough.
 
Feliz Natal!

Escrito por Fábio Seixas às 18h44

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Di Grassi, Petrov, Kubica e o celular

Di Grassi está fora da Virgin. Era esperado. Não por falta de braço ou conhecimento técnico, mas por falta de dinheiro. D'Ambrosio apareceu com mais verba e levou a vaga. Acontece.
 
Uma pena porque o brasileiro, como eu já escrevi aqui, entende muito de carro, é um quase engenheiro. Busca, agora, um lugar como piloto de testes. E aí, é esperar por um milagre e uma vaga de titular aparecer. Porque teste, mesmo, não existe.
 
Petrov foi confirmado na Renault por dois anos. Acabam, assim, as vagas interessantes.
 
Mas a notícia mais chocante/bizarrra dos últimos dias vem do outro cockpit da Renault, literalmente. A equipe divulgou hoje este áudio: era o terceiro treino livre no Bahrein e Kubica entrou no rádio para avisar o time que havia achado um celular dentro do carro!
 
Veja (e ouça) você mesmo...

Escrito por Fábio Seixas às 12h26

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pit Stop #169

Cesar Ramos, campeão da F-3 italiana, foi o convidado especial do último Pit Stop do ano. No começo do mês, ele testou a Ferrari em Vallelunga. O sorriso continua no rosto até agora.

O programa, claro, falou da saída de Di Grassi da Virgin, das declarações de Montezemolo, do acerto de Kanaan com Gil...

E repito aqui o que disse no fim do programa: obrigado a todos que acompanharam o Pit Stop neste 2010. Vocês são loucos, mas são legais.

Escrito por Fábio Seixas às 15h50

Comentários () | Enviar por e-mail | Pit Stop em vídeo | PermalinkPermalink #

Boa, Bia!

Algo muito, muito, muito legal aconteceu no fim de semana.
 
A vitória de Bia Figueiredo na segunda corrida do Desafio das Estrelas, o festivo evento de kart organizado por Massa em Florianópolis.
 
Porque Bia é uma guerreira. Porque Bia é uma baita piloto. Porque a comemoração da Bia, correndo pra perto do público, ajoelhando na grama e agradecendo, foi de arrepiar.
 
Bia merece. E nós agradecemos. O 2010 nas pistas foi encerrado com um bela imagem.
 
(Miguel Costa Jr./Divulgação)

Escrito por Fábio Seixas às 15h37

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nina Horta Fábio Seixas, 37, é jornalista com mestrado em Administração Esportiva pela London Metropolitan University, da Inglaterra, e Coordenador de Produção da Sucursal da Folha no Rio. É colunista de automobilismo da Folha e do UOL.


RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reproduçãoo do conteúdo desta Página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.